Adalberto Rezende, da redação.


 

Uma linha de lubrificantes solúveis à base de água e de éster vegetal denominada “E-Veg” foi desenvolvida em parceria pela Industrol Lubrificantes, com matriz em São Paulo (SP) e filial em Itajaí (SC), e a Cronus Fluidos Industriais, com unidade em Indaiatuba (SP).

 

Trata-se de uma série de lubrificantes criados para processos de conformação e estampagem de metais, a qual também conta com óleos protetivos pensados para os cuidados com peças metálicas obtidas por meio desses processos ou por usinagem, por exemplo. Esses protetivos também são recomendados para cuidados com componentes de máquinas industriais, entre outras aplicações.

 

Rafael Gustavo Silva Pinto, que é engenheiro e consultor técnico em lubrificantes industriais da Industrol, e que concedeu entrevista à Corte e Conformação de Metais, explicou que a linha E-Veg, que já está disponível para a comercialização, segue em desenvolvimento. Ou seja, conforme ele exemplificou, os lubrificantes estão sendo submetidos a testes em linhas fabris equipadas com prensas.

 

O entrevistado comentou que isso é feito visando atender às necessidades específicas de cada cliente. Nas palavras dele, o objetivo é “chegar aos parâmetros que atendam à demanda de empresas do setor metalmecânico”, assim como oferecer a elas “não só soluções que proporcionem a proteção de máquinas e o bom andamento de processos produtivos, mas sim produtos que sejam mais amigáveis ao meio ambiente”.

 

Ainda no que diz respeito aos testes feitos com os novos lubrificantes, Rafael comentou que este trabalho pode envolver, por exemplo, o estudo das condições ambientais do local onde se encontram as plantas industriais. Esses e outros fatores podem influenciar o desempenho de lubrificantes e de óleos protetivos. “Tudo vai depender do tipo de aplicação visado pelos clientes, e também de como as propriedades dos nossos produtos podem ajudar neste sentido”, complementou.


 

Como são feitos os novos lubrificantes

 

Rafael comentou alguns detalhes da produção dos lubrificantes da linha E-Veg: “nós mesmos fazemos a esterificação dos óleos vegetais para obter um material polimérico, o qual é usado na formulação dos novos lubrificantes solúveis”. Ele também disse que o projeto por trás do lançamento desses produtos abrange a necessidade de “mudança da cultura de empresas no que diz respeito ao uso de lubrificantes de fonte renovável”. 

 

 

Interesse em parcerias

 

As companhias que estão à frente do desenvolvimento dos lubrificantes solúveis de base de água e de éster vegetal têm interesse em estabelecer parcerias com empresas do setor de corte e conformação de metais, de usinagem e com instituições de pesquisa e ensino ligadas à indústria metalmecânica. Rafael concluiu dizendo que o Senai é uma das instituições que “estão em constante contato conosco, seja para a realização de estudos ou para o fornecimento de produtos”.

 

Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail rafael@industrol.com.br e pelo site da Industrol.  

 

 

Imagem: Pró Canva, Industrol Lubrificantes.

 

 

Mais notícias do setor:

 

Soldagem a laser na produção de motores elétricos

 

Realidade virtual mostra como agem os gases na soldagem

 

Aumentar a competitividade de fabricantes de estampos está na agenda da Abinfer e Produto Consultoria

 

#IndustrolLubrificantes #CronusFluidosIndustriais #CorteeConformaçãodeMetais



Mais Notícias CCM



Nova unidade da Igus vai promover a automação de baixo custo

Um centro de automação foi inaugurado pela empresa alemã em Joinville (SC) para promover a disseminação do uso de sistemas robóticos em tarefas industriais.

11/07/2024


Lecar não vai mais produzir automóveis elétricos. Agora, só híbridos.

Empresa brasileira vai redirecionar esforços antes dedicados à fabricação de carros elétricos para o desenvolvimento de veículos híbridos flex, com sistema de tração elétrico.

01/07/2024


BMW inaugura estamparia de última geração para produzir carros elétricos

Estamparia com equipamentos de última geração foi inaugurada na unidade norte-americana da montadora alemã, criando mais de 200 novos empregos em áreas técnicas e operacionais.

01/07/2024