Um projeto voltado para a construção de implementos para a área de mineração a partir do uso de chapas de aço com alta resistência levou à fabricação de novas versões de caçambas meia cana. Elas apresentaram menor peso, bem como resistência mecânica superior, em relação às suas equivalentes feitas com outros tipos de aços como, por exemplo, aço-carbono.

Implementos para mineração pesada ganham versões fabricadas com aços de alta resistência

 

Este trabalho é resultado de uma parceria entre a SSAB, com matriz na Suécia e subsidiária em São Paulo (SP), a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), com sede em Araxá (MG), e a Rossetti, com unidade fabril em Guarulhos (SP).

 

Os aços utilizados na fabricação das caçambas pertencem às linhas Hardox 500 Tuf e Strenx. Em comunicado à imprensa, foi informado que a chapa que compõe o fundo de uma nova versão dos implementos passou a ter espessura de 5 mm, que em versões anteriores era de 6 mm ou até 8 mm. Já as chapas que formam as partes laterais, frontal e traseira têm espessura de 3 mm, as quais anteriormente apresentavam de 4 a 6 mm.

 

Também foi divulgado que uma das características dos aços usados é a presença de microadições de nióbio em sua estrutura. De acordo com Hugo Leandro Rosa, gerente de manutenção da CBMM, graças ao uso de chapas metálicas mais finas e de outras mudanças feitas na configuração dos implementos, o peso das versões atuais passou a ser de aproximadamente 4,7 toneladas, enquanto modelos anteriores chegaram a apresentar peso de cerca de 7,4 toneladas.

 

Segundo informações das empresas, as propriedades de resistência mecânica e ao impacto dos aços usados na fabricação das cambas são superiores às de outros aços da classe de 500 Brinell comercializados atualmente. Foi divulgado ainda que a capacidade delas é de 20 metros cúbicos, e que elas foram projetadas para o transporte de minério pirocloro.

 

Fotos: SSAB/Rossetti/CBMM

 

Reportagens similares:

Lubrificação sem névoa para chapas em processamento

Aplicação do aço inox no agronegócio é tema de estudo

 

#CBMM #SSAB #Rossetti #Aços #CorteeConformaçãodeMetais


 



Mais Notícias CCM



Cursos on-line do setor metalmecânico. Agenda começa em julho.

A ABM promove treinamentos cuja programação inclui conteúdo sobre estampagem, laminação, trefilação e aplicação de inteligência artificial (IA) em processos siderúrgicos.

15/07/2024


Conformação rotativa pode tornar viáveis as células a combustível

O Instituto Fraunhofer de Máquinas-Ferramenta e Tecnologia de Conformação (IWU) anunciou o desenvolvimento de um sistema rotativo para estampagem das finíssimas chapas metálicas usadas na montagem de placas bipolares que compõem as células a combustível. A novidade poderá reduzir os custos de produção dessas células, com impacto no mercado da mobilidade elétrica, tendo em vista que elas substituem as baterias.

15/07/2024


Prensas dobradeiras hidráulicas

Empresa brasileira comercializa prensas dobradeiras hidráulicas com força de 1.500 toneladas fabricadas em Portugal.

15/07/2024