A desenvolvedora de sistemas para automatização de processos industriais Pilz, com matriz na Alemanha, estabeleceu sua nova sede brasileira no município de Indaiatuba (SP). A unidade ocupa uma área de aproximadamente 750 m², com espaços voltados para treinamento e exibição de equipamentos. O local é parte de um conglomerado industrial.

Fábrica da Pilz foi transferida para Indaiatuba, no interior de São Paulo

 

Segundo informações da empresa, a transferência de sua planta fabril, que antes situava-se na cidade de São Bernardo do Campo (SP), é uma das ações que compõem um plano estratégico que tem entre os seus objetivos ampliar frentes de trabalho para o desenvolvimento e execução de projetos. Além disso, uma de suas metas é estender a sua rede de prestação de serviços.

 

“Essa mudança certifica nosso propósito pela permanente busca da evolução tecnológica e pelo fortalecimento da marca Pilz no mercado nacional”, comentou Paulo Fernandes, responsável pela direção-geral da companhia no País. Ele também falou sobre alguns motivos que levaram à escolha da região: “Estrategicamente bem localizada, a 15 minutos do aeroporto de Viracopos (Campinas, SP), a nova sede possui área para estoque a fim de atender, de forma imediata, o Brasil inteiro”.

 

Em comunicado à imprensa, também foi informado que a companhia firmou parceria com a System Partners, empresa especializada em sistemas para automatização e segurança de linhas de produção que também atua em Indaiatuba. “A necessidade de estarmos mais próximos dos clientes fez com que desenvolvêssemos parceiros regionais estratégicos”, disse Paulo. De acordo com ele, a Pilz continua a prestar serviços na região do grande ABC por meio de parcerias locais.

 

A empresa também anunciou o lançamento de uma linha de relés indicados para aplicações em parques fabris que se chama “myPNOZ”. Mais informações podem ser obtidas em seu site.

 

Foto: Pilz

 

Reportagens similares:

Software para corte de metais tem nova versão

Empresa desenvolve proteção especial para a soldagem de ligas de titânio

 

#Pilz #Automação #Industrial #CorteeConformaçãodeMetais



Mais Notícias CCM



Evento da área de materiais é adiado para 2022

A ABM Week, semana técnico-científica organizada pela ABM, vai acontecer em junho de 2022. Também foi ampliado o prazo para submissão de trabalhos.

18/06/2021


Ambiente de soldagem rumo ao conceito de indústria 4.0

Pesquisa exclusiva aponta aumento da procura por células robotizadas e o maior interesse pela conexão desses sistemas com os demais equipamentos da planta industrial.

16/06/2021


Demanda por alumínio no ramo náutico cresce durante a pandemia

Coberturas para barcos de passeio e itens de segurança feitos em alumínio são alguns dos produtos que tiveram maior saída.

14/06/2021