A Termotécnica desenvolveu uma gama de embalagens confeccionadas com poliestireno expandido (EPS) projetadas para operações de transporte e/ou armazenamento de frutas e legumes, bem como para a proteção de equipamentos eletrônicos e móveis. Algumas delas podem ser configuradas de acordo com as características dos produtos que acondicionarão, proporcionando um aumento de até 30% da validade (shelf-life) de alimentos.
 

Tratam-se de duas linhas específicas para cada tipo de aplicação, sendo uma delas denominada “DaColheita”. Esta série é composta por embalagens com formato retangular que apresentam versões com comprimento de 333 a 600 mm, largura que varia de 240 a 400 mm e altura de 74 a 240 mm, comportando cargas com peso de até 16 kg. Já a série “iPack” conta com itens cujo design é estabelecido conforme o layout de aparelhos de linha branca ou marrom, bem como de peças para veículos ou mobília, por exemplo.

 

Albano Schmidt, presidente da empresa, disse que ambos os produtos possuem boa resistência ao impacto e que também são fornecidas embalagens de EPS recortadas que são indicadas para redução de vibração e proteção contra umidade e/ou fuligem. As dimensões delas são estabelecidas conforme a aplicação.

 

A companhia tem interesse em firmar parcerias para o desenvolvimento de produtos e de trabalhos que englobem programas sociais e logística reversa.

 

#poliestirenoexpandido #embalagemdetransporte #plastic



Mais Notícias PI



Embalagens de transporte serão temas de curso on-line

O Instituto de Embalagens está promovendo um treinamento sobre embalagens de transporte, que segue com inscrições abertas.

16/07/2024


Embalagem de EPS atende e-commerce de bebidas

A Termotécnica desenvolveu uma embalagem de poliestireno expandido para o acondicionamento de garrafas com altura e diâmetro pequenos.

11/06/2024


Embalagens especiais fabricadas com sobras de plástico

Empresa da Região do Grande ABC investe no reaproveitamento de sobras de plástico para fabricar novas embalagens.

03/06/2024