A Emerson Electric, com matriz nos Estados Unidos e escritório em Sorocaba (SP), lançou a máquina de soldagem a laser para plásticos Branson™ GLX-1 (foto). Ela é recomendada para trabalhos que requeiram a soldagem de peças plásticas para a fabricação de conjuntos, por exemplo. Apresenta sistema de laser com potência máxima de 500 W.


O novo equipamento, que opera por protocolo de comunicação CANopen, podendo trabalhar conectado a ambientes digitais como plataformas de dados, conforme foi divulgado à imprensa, proporciona soldagem limpa e sem vibrações, sendo indicado para trabalhos em sala limpa e ambientes laboratoriais. No que se refere à união de componentes, é também indicado para soldagem de peças pequenas e/ou com formato complexo.


Outro detalhe é que a máquina recém-lançada conta com sistema de controle para automatização de processos integrado, baseado em servomotor. Pode ser utilizada em aplicações que vão desde a união de peças plásticas para o setor médico-hospitalar – cateteres e dispositivos vestíveis com peças microfluídicas, entre outros –, produção de sensores para sistemas eletrônicos, até a fabricação de peças para o setor automotivo e de eletrodomésticos.


A companhia também divulgou que o equipamento pode ser usado para a soldagem de componentes feitos com polímeros de alto desempenho, além de materiais compostos. Neste sentido, a GLX-1 também pode ser usada em linhas de reciclagem de circuito fechado, para a fabricação de conjuntos de peças plásticas confeccionadas com diferentes materiais. Os clientes podem consultar a empresa sobre a possibilidade de uso do equipamento em outras aplicações no setor de plásticos.


Emma Wood, gerente global de produtos não ultrassônicos da Emerson Electric, comentou: “Existe uma demanda crescente por componentes de plástico de alta qualidade menores e mais detalhados, que geralmente abrigarão componentes eletrônicos sensíveis em vários mercados importantes. Com juntas fortes e limpas e recursos avançados de conectividade fornecidos em um conjunto extremamente compacto, a nova soldadora a laser GLX-1 permite que os fabricantes projetem e produzam com eficiência conjuntos de peças plásticas da mais alta qualidade”.


O contato com a Emerson Electric pode ser feito pelo telefone (15) 3413-8888 e pelo seu site

____________________________________________________________________________

Assine a PI News, a newsletter semanal da Plástico Industrial, e receba informações sobre mercado e tecnologia para a indústria de plásticos. Inscreva-se aqui.

____________________________________________________________________________

 

Imagem: Emerson Electric/Divulgação.

 

Mais notícias:

 

Os materiais plásticos na área médica

 

Soldagem por ultrassom integrada aos processos produtivos

 

#EmersonElectric #PlásticoIndustrial #BransonGLX1



Mais Notícias PI



Covestro adquire participação na BioBTX e aposta na reciclagem química

Empresa holandesa que recupera matérias-primas por meio da reciclagem de resíduos mistos recebeu aporte de capital que permitirá o lançamento de uma planta em escala industrial, com entrada em produção prevista para 2027.

03/06/2024


Braskem estuda usar fornos elétricos para craqueamento

Parceria da Braskem e Lummus envolve a realização de testes e análises de desempenho em unidades de craqueamento da petroquímica brasileira, visando à descarbonização desta etapa da produção.

30/04/2024


Do flake ao produto final. Linha da Engel conjuga extrusão e injeção de material reciclado.

Processo de dois estágios elimina a regranulação e a refusão do material reciclado destinado à fabricação de produtos injetados. O objetivo é obter ganhos relativos a custos de produção e logística interna para as empresas que reciclam suas sobras de processo e também para as que compram reciclados no mercado.

02/04/2024