À medida que aumenta o interesse da indústira por materiais alternativos aos de origem fóssil para a obtenção de resinas plásticas, mais necessária se torna a discussão sobre as formas de continuar a fabricar produtos de uso já consolidado, porém, com menor impacto ambiental. Neste quesito, os bioplásticos têm uma grande contribuição a prestar e por isso serão tema do Bioplastics Brazil, Congresso internacional sobre materiais plásticos compostáveis e de fonte renovável, que acontece entre os dias 24 e 25 de abril, em São Paulo (SP).

 

Em sua terceira edição, o evento reunirá este ano especialistas brasileiros e estrangeiros para debater assuntos que vão desde características dos biomateriais e do seu processamento, até questões regulatórias.

 

No primeiro dia, muita informação

 

Dentre os destaques está a apresentação sobre a adequação da norma técnica NBR 15.448, relacionada aos biopolímeros, que vai enfatizar a necessidade de harmonização com as normas internacionais vigentes, para efeito de certificação por organismos internacionais, a cargo do pesquisador e empreendedor João Carlos de Godoy Moreira, no primeiro dia do evento. O mesmo tema será retomado no dia seguinte por Philippe Dewolfs, líder do departamento de certificação de bioplásticos do TÜV Austria, promovendo uma reflexão sobre a correta inserção do Brasil no mercado mundial de bioplásticos.


A adequação dos bioplásticos para a fabricação de diferentes produtos ocupará uma sessão inteira no primeiro dia, quando serão tratados assuntos como a compatibilidade com fibras reforçadoras, melhoradores de processo e masterbatches. Este painel contará com a participação de Jörg Dörrstein, da empresa Biofibre, que apresentou seus bioplásticos ao mercado brasileiro na última edição da feira Plástico Brasil, em 2023, e também de Angelita Saul, da Wacker, especializada em aditivos para bioplásticos. Thiago Bazaglia Spedo e Jade Rodriguero Dino, da BASF, abordarão o papel dos bioplásticos na economia circular e no combate ao greenwashing.

 

Equipamentos para produção e execução de testes integram a sessão seguinte, ainda no dia 24, com a participação de Nereo Rodriguez, da Sulzer, desenvolvedora de equipamentos para polimerização de bioplásticos, e de Elton Melo, representante da sueca BPC, que produz equipamentos para análises de biodegradação.

 

Na sequência, um painel sobre os materiais de base biológica (biobased) vai promover uma discussão sobre o papel desses materiais na transição para uma economia de carbono neutro e o uso desses insumos em aplicações de engenharia, a partir de exemplos como o policarbonato e a poliamida de base biológica e os benefícios da sua adoção para a indústria de bens de consumo duráveis. Integram este painel os profissionais Yuri Tomina Carvalho, da Braskem, Carolina Blanez, da Mitsubishi Chemical, e Marcos Vinicius Vinholes Pereira, da Dakhia.

 

No segundo dia, um modelo para o mercado brasileiro

 

Discussões sobre um modelo para o mercado brasileiro de bioplásticos, a análise do ciclo de vida, compostabilidade, biodegradação e reciclabilidade serão as atrações do segundo dia de evento, que será encerrado com apresentações de trabalhos científicos retratando o esforço de pesquisa que tem sido feito nas universidades para amparar o desenvolvimento deste ambiente de negócios.

Dentre os participantes estarão Kim Fabri, da ERT; André Ballesteros, da Sea Shepherd Brasil e Paulo Teixeira, presidente executivo da Abiplast, que vai tratar do impacto das leis de banimento no setor produtivo (PL 2524). Mais tarde, Philippe Dewolfs (TÜV Austria) e Cintia Godoi (eeCoo) abordarão aspectos da legislação internacional, enquanto Bruno Oliveira (Additiva) falará sobre o uso de bioplásticos na impressão 3D e Michael Thielen, editor da revista europeia Bioplastics Magazine, tratará dos mitos e fatos a respeito dos biopolímeros.

A abertura dos dois dias de programação estará a cargo dos profissionais Emanuel Martins e Kim Fabri, da ERT, principal patrocinadora do evento, ao lado de empresas como a BASF, Sulzer, Wacker, Additiva, BPC Instruments, eeCoo e Karina.

O evento é organizado pela Markeplan (São Paulo, SP), com a curadoria de Hellen Souza, editora da revista Plástico Industrial, mídia oficial do evento. Conta ainda com o apoio das instituições Abicom, Abief, Abipla, Abiplast/Sindiplast, AcePlas e Simperj.

 

Mais informações e inscrições no site www.bioplasticsbrazil.com

 

 

Saiba mais sobre o mercado de materiais de base biológica na seção Bioplásticos, no Portal da Plástico Industrial.

 

 _________________________________________________________________________________

Assine a PI News, a newsletter semanal da Plástico Industrial, e receba informações sobre mercado e tecnologia para a indústria de plásticos. Inscreva-se aqui.

__________________________________________________________________________________



 

Leia também:

 

Universidade estuda a biodegradação de filmes compostáveis no solo durante 180 dias

 

Filme biodegradável pode preservar alimentos por mais tempo



Mais Notícias PI



Evento sobre materiais plásticos acontece em SP

Palestras técnicas sobre plásticos de engenharia e compostos termoplásticos serão realizadas na Feiplar & Feipur.

16/07/2024


Embalagens de transporte serão temas de curso on-line

O Instituto de Embalagens está promovendo um treinamento sobre embalagens de transporte, que segue com inscrições abertas.

16/07/2024


UCS realizará evento sobre materiais avançados em novembro

Eventos sobre tecnologia e novos materiais foram reorganizados tendo em vista a necessidade de reconstrução após as inundações que afetaram o Estado do Rio Grande do Sul.

04/07/2024