A Green Eletron, gestora de logística reversa de eletroeletrônicos e pilhas, divulgou seu balanço de 2021, o qual aponta ter superado a meta estabelecida, mesmo em ano de pandemia, destinando mais de 700 toneladas de resíduos eletrônicos e mais de 160 toneladas de pilhas inservíveis.

 

De acordo com informações da gestora, em 2021 a companhia conseguiu recolher e enviar para destinação ambientalmente adequada 878 toneladas de produtos, entre eletroeletrônicos e pilhas. Foi o melhor resultado desde sua fundação, em 2016. Ainda segundo a gestora, em seu programa de eletroeletrônicos a meta para 2021 era coletar e destinar 600 toneladas, conforme previsto em acordo setorial firmado em outubro de 2019 e no Decreto Federal 10.240/2020, com entidades de todo o setor e o Ministério do Meio Ambiente.

 

Só no ano de 2021, a Green Eletron coletou 715 toneladas, cerca de 19% acima do estipulado. O acordo e decreto preveem que as empresas devem, desde 2021, coletar e destinar corretamente o equivalente a 1%, em peso, do que colocaram no mercado em 2018, ano definido como base. Ainda em 2021, seu programa exclusivo de coleta de pilhas, chamado Green Recicla Pilhas, recolheu mais de 163 toneladas de pilhas inúteis.

 

Para o ano de 2022 a meta sobe para 3% e crescerá até chegar a 17%, em 2025. Para os anos posteriores o texto deve receber contribuições que definirão as novas metas de reciclagem e abrangência de coleta.

 

A companhia ainda não divulgou a porcentagem de material plástico recuperado nessas métricas de 2021. Entretanto, a Green Eletron informou à revista Plástico Industrial que nos dois anos anteriores ao último balanço, ou seja, em 2019 e 2020, foram recolhidas 330,7 e 81,8 toneladas de eletroeletrônicos, respectivamente. Nestes dois anos, 25% do material coletado eram plásticos, o equivalente a 82,7 e 20,4 toneladas, respectivamente.

 

O número de PEVs (pontos de entrega voluntária) de eletroeletrônicos, em parceria com varejo, shoppings, instituições de ensino, prefeituras e parques, por exemplo, passou de 561 em 2020, para mais de 1.000 em 2021, presentes em 13 estados brasileiros. Já os 4.496 PEVs de pilhas disponíveis em 2020, passaram para 7.861 no ano seguinte, localizados em todos os estados do Brasil.

 

Ações que visam mudar o comportamento da população

Para a Green Eletron, o resultado positivo de 2021 se deve a vários fatores. Entre eles, as diversas campanhas de coleta como, por exemplo, os “drive-thrus do lixo eletrônico” realizados pela gestora em parceria com prefeituras e empresas de diversos segmentos. Ao todo, foram 213 ações em 2021 como esta, que mobilizaram desde as populações de pequenas cidades do interior às das principais capitais brasileiras.

 

Outra ação para conscientizar os consumidores e, principalmente, entender a mentalidade do brasileiro sobre a temática do lixo eletrônico e sobre a importância da reciclagem, foi a produção e divulgação da pesquisa “Resíduos Eletrônicos no Brasil – 2021”, que pode ser lido clicando no link, bem como a realização de campanhas de conscientização e educação ambiental não formal. Para isso, a gestora fundou o Movimento Eletrônico Não é Lixo em 2020.

 

A Green Eletron é mantida por empresas associadas que financiam toda operação de coleta, transporte, desmontagem e reciclagem dos produtos descartados pelos consumidores, transformando seus materiais em novas matérias-primas para a indústria, além de reportar para as autoridades o cumprimento das metas assumidas.

 

(Foto: divulgação, Green Eletron)

 

Conteúdo relacionado:

Programa federal vai incentivar investimentos privados em reciclagem

Uso de resíduos para fabricar novos materiais



Mais Notícias PI



Gestão da eficiência energética na intralogística do chão de fábrica

Sistema digital calcula o consumo de energia de empilhadeiras elétricas usadas para movimentar moldes e big bags.

30/06/2022


Inscrições abertas para graduação gratuita na área de plásticos

Curso de nível superior sobre desenvolvimento de produtos plásticos terá inscrições até julho.

30/06/2022


Alimentador para extrusoras tem nova versão

Equipamento pode aumentar o rendimento da reciclagem de grânulos plásticos com densidade inferior a 200 kg/m³.

28/06/2022