A alemã Arburg, com unidade brasileira em São Paulo (SP), anunciou a criação de uma nova divisão, a ArburgAdditive GmbH + Co KG, que abrigará todas as atividades da empresa relacionadas à manufatura aditiva. A nova divisão terá como diretor administrativo Victor Roman, que deve ingressar na empresa em 1 de dezembro deste ano.

 

Ao fundar sua nova empresa, a Arburg destaca a sua aposta na manufatura aditiva (impressão 3D) como um método de produção suplementar fundamental no processamento de plásticos. Após o desenvolvimento e o lançamento do Freeformer, equipamento para manufatura aditiva a partir de grãos convencionais de resina, a empresa adquiriu a innovatiQ, especialista em soluções para a manufatura aditiva de borrachas de silicone líquido. Agora, ao combinar todas as atividades de manufatura aditiva sob o mesmo comando,a empresa fortalece esta área de negócios e abre caminho para novos desenvolvimentos.

 

Reestruturação para o novo ano

 

Ao longo de 2022, a Arburg Plastic Freeforming, divisão que desenvolveu o equipamento FreeFormer, passará a integrar o novo negócio, cuja linha de produtos incluirá, além do Freeformer, também os sistemas 3D da innovatiQ.

O processo Arburg Plastic Freeforming (APF) foi projetado para atuar como um sistema aberto, possibilitando ajustar o processo de fabricação dos componentes de acordo com os requisitos específicos, utilizando grânulos convencionais de resina.

Já os sistemas de impressão 3D innovatiQ funcionam com base na tecnologia FFF (de Fused Filament Fabrication, ou fabricação a partir de filamento). Há também o sistema de impressão LiQ 320, que processa borracha de silicone líquido (LSR) em um procedimento especial denominado LAM (manufatura aditiva a partir de materiais líquidos).

 

Fotos (Arburg): Componentes para o setor aeroespacial impressos em 3D, em equipamentos da Arburg. Abaixo, peças diversas obtidas pelo mesmo processo.


 

Conteúdo relacionado:

Processos de impressão tridimensional: Uma atualização

O desafio da manufatura aditiva no ambiente industrial

Filamento de policarbonato reciclado para impressão 3D



 

#Freeformer #ArburgAdditive #Arburg



Mais Notícias PI



Uma rede de produção para a impressão 3D

A EOS passou a gerir sua própria rede de parceiros em manufatura aditiva, que conecta empresas de diversos portes para produzir peças impressas em 3D em larga escala.

20/01/2022


Compósitos termoplásticos podem substituir componentes metálicos de baterias

O instituto espanhol Aimplas está desenvolvendo novos processos de transformação de compósitos termoplásticos que visam substituir a carcaça metálica das baterias de veículos elétricos.

20/01/2022


Máquinas de autoatendimento incentivam a reciclagem de embalagens

Mais dez unidades da chamada Retorna Machine são instaladas em pontos da cidade de São Paulo, pela Ambev e Triciclo-Ambipar, que incentiva a troca de embalagens pós-consumo por serviços e créditos.

19/01/2022