A Escola de Engenharia (EE) da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM) – campus Higienópolis em São Paulo (SP) –, assinou um convênio de cooperação com o Grupo Isorecort, empresa especializada em EPS, para desenvolver e aprimorar projetos voltados ao uso do material na construção civil.

 

De acordo com a universidade, a parceria teve início com um trabalho de conclusão de curso de Engenharia Civil da UPM em que, sob a orientação da professora Fabiola R. Beltrame, os alunos recém-formados engenheiros Letícia B. A. de Lima, Matheus N. Moreira, Thomas H. Kuninari e Rodolfo C. Santos, avaliaram o desempenho dos painéis de poliestireno expandido (EPS) revestidos com argamassa armada como sistema construtivo.

 

O EPS é mais empregado na construção civil nos Estados Unidos, Japão e em países europeus devido à sua versatilidade e apelo sustentável, uma vez que é muito leve e não há desperdícios de material. Trata-se de um sistema construtivo que reduz os custos da obra e proporciona maiores índices de agilidade em todo o processo.

 

Com resultados promissores, os alunos comprovaram aumento da produtividade, além de desempenho térmico e ambiental superiores ao método construtivo de alvenaria estrutural. “Notamos um custo competitivo e desempenho estrutural favoráveis, colocando o sistema com EPS em condição para ser aplicado em diferentes construções residenciais”, afirmou a orientadora Beltrame.

 

Em vista dos resultados apresentados, o Grupo Isorecort passou a fornecer os painéis, materiais, mão de obra (para execução do projeto no laboratório de estruturas da EE e auxílio nos ensaios de resistência nos painéis) e, a partir dessa colaboração, o projeto passa a ser uma cooperação entre a indústria e a universidade, dando continuidade às pesquisas e aplicações do sistema construtivo e oportunidade aos próximos alunos da engenharia civil que trabalharem nesse campo.

 

Prezamos muito a colaboração com as instituições de ensino. Estamos felizes com a parceria e já planejando o futuro com participações em lives, palestras e bolsas remuneradas para alguns alunos”, finalizou Rodrigo Rezende, gerente administrativo do Grupo Isorecort.


 

(Foto: Grupo Isorecort) Colaborador do Grupo Isorecort, demonstra aos alunos do Mackenzie a aplicação de EPS

#plastico #eps #isopor #construcaocivil


 

Conteúdo relacionado:

Instituto promove a reciclagem de EPS

Recuperação e reciclagem de plásticos aditivados ou contaminados



Mais Notícias PI



Compensação ambiental para embalagens de margarina

Por meio de certificação, a linha de margarina Qualy, do grupo BRF, fará a compensação ambiental de todas as embalagens e potes de PP utilizados para acondicionar seu produto.

24/09/2021


EPS e sustentabilidade: o que precisamos saber?

Fatores importantes sobre a reciclagem do poliestireno expandido (EPS) e as possíveis aplicações desse material, também conhecido como “isopor”, na construção civil e em outros segmentos.

24/09/2021


Programa de reciclagem de copos plásticos no Sul

Será lançada nesta quinta-feira uma campanha socioambiental que abrange descarte correto e reciclagem de copos plásticos.

23/09/2021