CONTEÚDO DE MARCA

 

A crescente demanda energética do meio industrial fez com que este insumo ganhasse mais importância como fator de custo, especialmente para as empresas de transformação de plásticos, devido à alta demanda energética que é típica dos seus processos. 

Gerenciar o consumo de energia em cada etapa produtiva é uma forma de controlar esses custos, mas existem opções que estão para além dos portões das fábricas, tais como o Mercado Livre de Energia. Atuar neste mercado pode fazer parte da estratégia energética de uma empresa, fundamentada no uso racional de recursos. Esta meta passou a ser ainda mais relevante no atual ambiente pós-Covid, em que muitas das formas tradicionais de trabalhar, produzir e consumir precisam ser reavaliadas.

De acordo com dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) relativos a março de 2021, atualmente 33% de toda a energia consumida no Brasil passa pelo Ambiente de Contratação Livre. Isso equivale a cerca de R$ 200 bilhões de economia acumulada, conforme estimativa da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel).  E este ambiente consiste basicamente na possibilidade de escolher de quem uma empresa vai comprar energia, com base em uma análise das necessidades específicas de cada uma, enquanto contratante dos serviços de fornecimento.

 

Em razão das diferentes etapas típicas do processo de injeção, um parque de injetoras, por exemplo, apresenta um perfil de consumo energético diferente do observado em outro formado por equipamentos de operação contínua, como as extrusoras. Essas nuances fazem com que cada indústria tenha uma realidade única, demandando soluções diferentes em termos de consumo de energia.

 

Atualmente, de acordo com dados da CCEE, 8.300 empresas já desfrutam da liberdade de negociar no Mercado Livre de Energia, escolhendo o seu fornecedor de acordo com critérios como o preço praticado, a segurança no fornecimento e o tipo de fonte geradora, com a possibilidade de portabilidade, a exemplo do que ocorre com o mercado de telefonia.

 

Mercado Livre de Energia ao alcance de pequenas e médias

Indústrias de diversos portes, já atuantes ou não no Mercado Livre de Energia necessitam de uma consultoria que as oriente, seja na migração ou na gestão dos contratos de fornecimento. A CPFL Soluções é uma empresa pioneira no Mercado Livre de Energia, com expertise que a torna a parceira ideal para guiar os primeiros passos das indústrias na migração para esta nova forma de consumir energia, a qual confere muito mais autonomia e segurança energética para os contratantes.

 

O que é necessário

Os requisitos básicos para que uma indústria se torne um consumidor livre de energia são:

 

- Consumir energia em média ou alta-tensão;

- Ter uma demanda contratada igual ou superior a 500 kW em cada unidade, ou na somatória da demanda de várias unidades com o mesmo CNPJ;

 

No caso de empresas com demanda contratada superior ou igual a 500 kW, é possível ainda escolher qual será a fonte de geração da energia a ser consumida. Isso inclui desde as grandes hidrelétricas até as modernas usinas eólicas, fotovoltaicas ou que operam a partir de biomassa.


 

Os benefícios de optar pelo Mercado Livre de Energia sob a orientação da CPFL Soluções são consideráveis:

 

- O cliente tem mais poder de negociação, o que se traduz em menor custo da energia contratada (até 30% de economia em relação ao mercado cativo);

- Liberdade para escolher de quem vai comprar energia, negociar preços e demais condições;

- Melhor previsão dos seus custos com energia, sem a variação da tarifa regulada;

- Gestão aderente ao seu consumo

- Sustentabilidade: você pode optar por comprar energia de fonte renovável


 

Consulte a CPFL Soluções e comece a planejar a redução dos custos de energia da sua empresa com muito mais autonomia e segurança.



Mais Notícias PI



Mobilidade elétrica: novos grades de PPA voltados à inovação sustentável

Empresa desenvolveu novas soluções de poliftalamida (PPA) projetadas para aplicações em componentes de transportes elétricos e em eletrônica de potência.

30/11/2021


ESG na prática no setor de plásticos

Optar pela desafiadora reciclagem de filmes flexíveis levou a Plastiweber a conceber novos produtos e aplicações para os laminados obtidos a partir de material pós-consumo.

30/11/2021


Nova paleta de cores para plásticos inspirada no Brasil

Catálogo de cores para o mercado brasileiro de plásticos foi elaborado a partir de estudo que contou com a colaboração de fornecedores de masterbatches e fabricantes de peças plásticas. As paletas são indicadas para utensílios domésticos, brinquedos e diversos itens.

26/11/2021