A Mobil, desenvolvedora de lubrificantes para equipamentos voltados para o processamento de plásticos, empresa integrante do grupo ExxonMobil com matriz nos Estados Unidos e subsidiária brasileira na Ilha do Governador (RJ), fornece linhas de óleos que apresentam diferentes propriedades e que são indicados para diversos tipos de aplicações no chão de fábrica.

Óleos para máquinas do chão de fábrica

 

Entre os produtos comercializados pela companhia estão os da série Nuto H. Ela é composta por versões de óleos hidráulicos que apresentam índice de viscosidade de 95, 104 e 107, assim como ponto mínimo de fluidez de -15, -18 e -24 ºC, ponto de fulgor de 212 a 242 ºC e densidade a 15 ºC que varia de 0,872 a 0,884 kg/L. Com propriedades antidesgaste, eles são recomendados para a proteção contra umidade e para casos que requeiram boa filtrabilidade.

 

Também são oferecidas as linhas DTE, das quais fazem parte as séries 10 Excel e 20 Ultra. A primeira consiste em lubrificantes com índice de viscosidade de 120 a 168 e densidade a 15 ºC de 0,8375 a 0,8821 kg/L. Sua viscosidade ao cisalhamento é estável, sendo indicados para proteção de componentes contra os efeitos causados por altas temperaturas.

 

Já a segunda, conta com óleos que podem impedir o acúmulo de resíduos como borras em máquinas e equipamentos. Esses, segundo informações da empresa, proporcionam ainda boa estabilidade térmica.

 

Mais informações podem ser obtidas aqui

Imagem: Mobil



Mais Notícias PI



Termoplástico líquido atende requisitos das indústrias da mobilidade e de energia eólica

Compósito termoplástico à temperatura ambiente tem resistência suficiente para substituir metais e resina poliéster de compósitos. Pode também ser reciclado ao final da vida útil.

23/09/2021


Coletores de pó para a área do plástico

Linha de equipamentos é indicada para a eliminação de partículas e gases provenientes de processos industriais.

27/08/2021


Aumenta a procura por geradores de energia para o chão de fábrica

Planejamento e reserva de recursos para implantação de geradores de energia elétrica em parques fabris estão entre as estratégias para enfrentar a crise hídrica e o aumento de tarifas.

24/08/2021