A fornecedora de tubos e conexões de PVC Amanco Wavin, subsidiária brasileira do grupo holandês Wavin, com unidade fabril em São Paulo (SP), divulgou que o volume de tubulações fornecidas por ela ao programa de saneamento e despoluição Novo Rio Pinheiros já equivale a mais de 60 km de tubulações.

Tubos de PVC serão usados em programa de saneamento e preservação ambiental

 

Segundo informações fornecidas por meio de um comunicado à imprensa, os tubos serão usados na construção de sistemas de coleta de esgoto que poderão ser conectados a aproximadamente 533 mil imóveis. A iniciativa, que é coordenada pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente e encabeçada pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), tem como uma de suas metas a despoluição do Rio Pinheiros e a conclusão do sistema de coleta de esgoto até 2022.

 

Acreditamos no crescimento econômico sustentado pelo respeito à sociedade e ao meio ambiente, por isso a participação nesse projeto é um orgulho para nós, uma vez que o Rio Pinheiros possui uma enorme importância ambiental e social para a cidade”, comentou José Augusto Pimentel Gomes, gerente do departamento de infraestrutura e projetos da Amanco Wavin.

 

E a iniciativa está demonstrando resultados positivos. Recentemente, um vídeo mostrando cardumes de tilápias presentes no rio, feito por um ciclista que percorria a ciclovia situada em sua margem, foi publicado na plataforma YouTube. O vídeo pode ser visto a seguir.


 

 


Programa de logística reversa

 

A fabricante de tubos e conexões plásticas Krona, situada em Joinville (SC), anunciou que está desenvolvendo um programa de logística reversa de embalagens plásticas usadas para acondicionar os produtos que fornece, o qual também inclui a reciclagem dessas embalagens e a formação de parcerias com cooperativas desse ramo.

 

Recentemente, a companhia fez parte de uma iniciativa desse tipo que foi realizada no estado do Mato Grosso do Sul (MS). O trabalhou foi demandado pelo Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) e consistiu no recolhimento de embalagens que acondicionaram produtos fornecidos por um grande volume de empresas da região.

 

Segundo informações da Krona, a execução do programa requereu a solicitação de certificados de reciclagem, o que contou com a colaboração da empresa certificadora Eureciclo. Além disso, foi informado que esse processo será realizado anualmente no estado. A fornecedora de tubos também comunicou que o desenvolvimento de um projeto de logística reversa e reciclagem de seus produtos está em curso e tem conclusão prevista para 2022.

 

“Com esta iniciativa, estamos fazendo bem ao nosso planeta, à qualidade de vida das pessoas e, ao mesmo tempo, agregamos mais valor à marca”, comentou Valdicir Kortmann, diretor do departamento comercial e de marketing da Krona.


 

Instituto elege nova diretoria

 

O Instituto Brasileiro do PVC, com sede em São Paulo (SP), anunciou como seu novo presidente Alexandre de Castro. Em comunicado à imprensa, a entidade informou também que uma nova diretoria para o triênio de 2020 a 2023 foi eleita, o que, segundo ela, consistirá em uma reestruturação para tornar seus associados cada vez mais partícipes das ações em prol da cadeia produtiva do PVC.

 

De acordo com Alexandre, “O objetivo central dessa gestão é o de representar a cadeia produtiva do PVC, promovendo seu desenvolvimento competitivo, mantendo a individualidade de cada associado e protegendo os seus interesses”.

 

E o executivo concluiu: “Acreditamos que o trabalho do Instituto Brasileiro do PVC pode contribuir para esse crescimento, tanto nas aplicações básicas como nas inovações que essa cadeia produtiva oferece ao mercado”.

 

Foto: Pixabay

 

Conteúdo relacionado;

Programa promove a reciclagem de dispositivos médicos de PVC

 

Ficha técnica com as principais características, aplicações e propriedades do poli(cloreto de vinila) (PVC)

 

#AmancoWavin #Sabesp #Krona #InstitutodoPVC #PlásticoIndustrial

 

 



Mais Notícias PI



Novos cursos online sobre plásticos têm inscrições abertas

ABPol divulgou uma programação de cursos da área de polímeros que serão realizados nos próximos meses.

12/01/2022


Empresa brasileira de aditivos antimicrobianos parte para internacionalização

Desenvolvedora de aditivos antimicrobianos baseados em nanotecnologia, a Nanox foi selecionada para integrar um programa que promoverá a sua inserção no mercado global.

22/10/2021


Pesquisa indica que investir em tecnologia é um caminho para enfrentar a crise

CNI divulgou estudo que mostrou que 88% das indústrias que adotaram o uso de tecnologia durante a pandemia obtiveram bons resultados.

22/10/2021