A transformadora de embalagens plásticas Unipac oferece atendimento sob medida a clientes com projetos de embalagens, baseando-se na customização de processos e soluções.

 

Os projetos in house da Unipac, que pertence ao Grupo Jacto, caracterizam-se pela instalação de uma unidade produtiva de embalagens próxima à linha de envase de indústrias de diferentes setores, tais como: automotivo, logístico, agropecuário e de embalagens e tampas. Essas instalações podem contribuir com o aumento de produtividade. “Cada projeto é desenvolvido dentro das estratégias específicas das empresas, de forma a atingir as metas propostas com elevada relação custo-benefício”, explica André Silvestre, gerente de vendas do segmento de embalagens da Unipac.

 

O modelo de produção in house desenvolvido é aplicável na fabricação de embalagens de diversos volumes, com as tecnologias monocamada e de barreira (própria para uso de produtos à base de solvente químico, incompatíveis com a monocamada).

 

De acordo com a companhia, atualmente, a empresa mantém operações desse tipo em clientes de alta representatividade que atuam no mercado de defensivos agrícolas, instalados nas cidades de Paulínia (SP) e Maracanaú (CE), e no segmento alimentício, em Regente Feijó (SP). O modelo de produção bem-sucedido levou a Unipac a expandir sua atuação no mercado nacional e internacional.

 

 

Quando há boas práticas e reconhecimento dos clientes, é possível expandir o modelo para diferentes áreas, o que gera mais oportunidades de negócios, a exemplo dos resultados alcançados no segmento de defensivos agrícolas. A Unipac tem se preparado para tornar-se uma empresa com operações globais, inicialmente com foco na América Latina, sem deixar de ampliar a presença no Brasil, com propostas de valor competitivas e forte apelo à inovação e sustentabilidade”, finaliza André Silvestre.

 

(Fotos: Unipac)

#projetoinhouse #transformacaodeembalagem #embalagens #unipac



Mais Notícias PI



Menos produtos descontinuados na indústria

Associação Brasileira de Automação (GS1 Brasil) apurou uma menor taxa de “descontinuação” de linhas de produtos na indústria, um sinal de recuperação das atividades.

26/05/2022


Impressora 3D é divulgada em feira

Equipamento conta com câmara ativamente aquecida e pode processar materiais como PA e PC.

24/05/2022


Mais aproveitamento na reciclagem de fios e cabos 

Empresa do ABC paulista desenvolveu maquinário que separa o material polimérico dos metais presentes em fios e cabos, garantindo, em alguns casos, 99,9% de pureza para o cobre obtido.

26/05/2022