Compartilhar ferramentas para incrementar projetos de inovação é o objetivo do Workshop de Inovação com Design Thinking, Lean Startup e Scrum, que o departamento Master in Business Innovation (MBI) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) promove este mês na cidade de Campinas (SP). A formação será realizada em cinco encontros, em um total de 32 horas, e com certificação emitida pela UFSCar. As aulas têm início no dia 29 de novembro, de acordo com a agenda disponível no link https://bit.ly/2J9bbUG.
A partir do conceito de
Design Thinking, o participante vai saber como explorar ideias com base em necessidades e problemas centrados no cliente, além de descobrir soluções para projetos de alto risco.

Com as práticas de Lean Startup e Lean Inception é possível reduzir riscos no processo de inovação e validar hipóteses, de forma sistemática e científica, por meio da aprendizagem baseada em evidências. Já o Scrum consiste em uma metodologia ágil, com feedback centrado no cliente, que possibilita trabalhar na lógica de adaptação contínua para entregar projetos de inovação.

O workshop será ministrado pelo instrutor Júlio Oliveira, especialista em inovação, e as pré-inscrições podem ser feitas pelo site https://bit.ly/2J9bbUG até o dia 27 de novembro ou até se completarem as vagas, que são limitadas. Haverá seleção com base na análise de currículo e entrevista com os candidatos. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail contato@pegasusufscar.com ou pelo telefone (11) 98267-7763. As aulas acontecerão no Go On Office (Rua Elvino Silva, 285, Vila Brandina, Campinas).

 

#inovação



Mais Notícias PI



Cresce o interesse em tecnologia digital

Estudo abordou os tipos de tecnologia digital que estão no radar da indústria de manufatura, e trouxe um panorama das áreas em que eles poderão ser usados.

06/08/2020


2º Webinar Plástico Industrial debaterá a indústria 4.0 no setor de plásticos

Evento acontece na próxima quarta-feira, dia 12/08/20, às 17h30

05/08/2020


Aditivo antimicrobiano para plásticos tem eficácia comprovada contra o novo coronavírus

Disponível no Brasil desde 2016 e fornecida na forma líquida ou em grânulos, a substância foi avaliada e teve sua eficácia comprovada em testes laboratoriais que apontaram a redução de mais de 99,84% do coronavírus presente nas superfícies dos plásticos analisados.

05/08/2020