A segurança de dados é um fator crítico no ambiente industrial, tendo em vista a complexidade e o volume de informações sobre o ambiente de produção que circulam nos sistemas computacionais empregados, em especial no segmento de usinagem.

 

Este assunto foi tema de um encontro que reuniu gerentes das 42 diretorias regionais do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), entidade que representa hoje 8 mil indústrias em todo o Estado de São Paulo.

 

A imersão no tema aconteceu na arena do Cyber Lab Services do Senai Paulo Antônio Skaf, em São Caetano do Sul, na região do ABCD Paulista (foto ao lado). A escola, que tem 32 laboratórios e capacidade para 1.900 alunos, é especializada em cursos de nível complexo na área de Tecnologia da Informação (TI). A unidade possui, por exemplo, o primeiro computador quântico educacional de toda a América Latina.


De acordo com Oliver Guerino, coordenador de Tecnologia do Senai-SP, a preocupação com cibersegurança faz parte do “pacote da indústria 4.0”, que aumenta a produtividade, mas também traz riscos de ataques de hackers. "Quando falamos de preparação para a digitalização e para segurança cibernética, precisamos ter consciência de que é necessário trabalhar de forma conjunta três frentes: processos, pessoas e tecnologia", comentou.

 

De acordo com o coordenador, dados do Senai-SP mostram que dentre as empresas de pequeno porte, 23% têm média vulnerabilidade a ataques cibernéticos, enquanto 50% têm risco alto potencial. Por outro lado, é impossível dizer que 27% das empresas restantes, com baixo risco, estejam completamente livres dos ataques. Todas as empresas que passam pelo processo de digitalização estão expostas às ameaças cibernéticas, que podem comprometer a reputação, operação, faturamento e até a própria sobrevivência do negócio.

O Senai está preparando para este mês treinamentos on-line gratuitos voltados para a segurança de dados na indústria. Informações serão divulgadas em breve, e as empresas interessadas em estimar seu grau de vulnerabilidade em termos de cibersegurança podem participar de uma autoavaliação gratuita do Senai de São Caetano pelo link https://cyberscore.istic.io/.

 

 

Imagem: Senai

 

 

Leia também:

 

 

Cibersegurança em encarte explicativo gratuito

 

Proteção contra ataques cibernéticos no setor metalmecânico

 

#cibersegurança

#Senai

 



Mais Notícias MM



Serviço de análise do potencial de automação atende empresas do mundo todo

Ferramenta digital desenvolvida pelo Instituto Fraunhofer de Stuttgart avalia processos e indica qual o nível de automação ideal, de acordo com o perfil de cada empresa.

19/02/2024


Retificação: complexidade que justifica uma feira setorial.

Associação alemã concentra atenções na tecnologia de retificação de peças metálicas e vai realizar em maio deste ano uma feira especial com expositores do segmento.

22/01/2024


Novo robô industrial da Human Robotics chega ao mercado

Empresa brasileira criou um robô que pode transportar cargas com peso de até 50 kg, o qual é programável para atuar de forma autônoma em parques fabris. O modelo apresenta interface amigável e também responde por comando de voz.

02/02/2024