A Eve Air Mobility (Eve) e a Embraer anunciaram que a primeira fábrica para a produção das aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL) da Eve será localizada na cidade de Taubaté, no interior São Paulo, em uma área a ser ampliada dentro da unidade já existente da Embraer na cidade.

 

O local dispõe de fácil acesso por meio de rodovias e proximidade com uma linha ferroviária. Outra vantagem significativa é a localização próxima à sede da Embraer em São José dos Campos e da equipe de engenharia e recursos humanos da Eve, o que facilitará o desenvolvimento e a sustentabilidade dos novos processos de produção a serem implementados.

 

O processo de escolha do local contou com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, por meio da InvestSP, a agência paulista de promoção de investimentos. "Quando começamos a procurar um local para fabricar nosso eVTOL, quisemos repensar como a aeronave poderia ser construída utilizando as mais recentes tecnologias e processos de fabricação, combinados com outros aspectos, como a cadeia de suprimentos e logística", disse André Stein, co-CEO da Eve.

 

"Essa decisão está alinhada ao nosso plano estratégico de crescimento baseado em inovação e sustentabilidade", disse Francisco Gomes Neto, Presidente e CEO da Embraer. "Acreditamos no enorme potencial do mercado global de mobilidade aérea urbana e reforçamos nosso compromisso com a Eve como uma das principais empresas desse setor."

 

Em maio de 2022, a Eve anunciou uma parceria com a Porsche Consulting para definir a estratégia macro global de produção, cadeia de suprimentos e logística de seu eVTOL. Desde então, as empresas têm trabalhado juntas para pesquisar conceitos avançados de fabricação e inovação, utilizando suas expertises em aeronáutica e automobilismo para projetar um conceito de industrialização para aeronaves eVTOL baseado em padrões elevados de segurança, qualidade, eficiência e foco no cliente.


 

Primeiros fornecedores

 

A Eve existe desde 2017 e surgiu como um projeto dentro da aceleradora Embraer-X, criada para encontrar oportunidades envolvendo tecnologias inovadoras, com destaque para a mobilidade urbana. A empresa anunciou este ano uma parceria com a Blade Air Mobility que visa transformar o transporte aéreo na Europa, começando pela França, integrando as eVTOLs nas rotas europeias que opera.

 

Para fabricar as aeronaves, Eve empresa nomeou recentemente seus primeiros três fornecedores: a Nidec Aerospace LLC, uma joint venture entre a Nidec Corporation (Japão) e a Embraer, que fornecerá o sistema de propulsão elétrica; a BAE Systems (Reino Unido), que fornecerá um sistema avançado de armazenamento de energia; e a DUC Hélice Propellers (França) , que fornecerá os rotores e hélices para o eVTOL.


 

Fonte: InvestSP. Fotos: Eve


 

Leia também:

 

Acordo em prol da digitalização da indústria

 

Laboratório de cibersegurança industrial na capital paulista


 

#Eve

#eVTOL



Mais Notícias MM



Crescimento de 15% em 2024 é a previsão da THK Brasil

As projeções da empresa incluem aumento das vendas de guias lineares e de outros produtos para o setor automotivo e de autopeças.

19/02/2024


Retificadora, agora em modelo modular

A Junker desenvolveu um equipamento modular para retificação de peças usinadas que pode operar com o auxílio de robôs e sistemas automatizados.

19/02/2024


Feira TMTS terá a transformação digital e indústria verde como temas

Evento que acontece em Taiwan contará com fóruns sobre o futuro da indústria de manufatura e o desenvolvimento de máquinas inteligentes.

05/02/2024