Mais um bom resultado para o setor industrial brasileiro: o indicador Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) registrou aumento de 3,6% na demanda por bens industriais no Brasil em dezembro no comparativo com o mês anterior. Foi a oitava vez em que houve variação positiva seguida na margem, de acordo com a entidade. Em relação a dezembro de 2019, a alta foi de 20,1%.

De acordo com a entidade, a importação de bens industriais subiu 17,3% neste período, enquanto a produção de itens nacionais avançou 3,5%. A demanda por bens de capital foi 99,2% maior, com destaque para as importações de plataformas de petróleo, que atingiram US$ 4,8 bilhões. Já a procura por bens intermediários cresceu 2,6% e por bens de consumo duráveis, 0,2%.  

Em relação a classes de produção, a demanda interna por bens da indústria de transformação apresentou elevação de 2,5% em dezembro, índice que foi associado pelo Ipea ao desempenho positivo das principais categorias econômicas. Os bons resultados também foram observados na indústria extrativa mineral, que aumentou 5,5%: dos 22 segmentos existentes, 14 tiveram algum tipo de variação positiva.

Crédito: Pedro Revilion/Palácio Piratini



Mais Notícias MM



Aço bruto: produção registra aumento no início de 2021

Em janeiro e fevereiro, índice atingido foi superior ao de igual período do ano passado, mesmo resultado obtido por laminados, vendas internas, consumo aparente e importações

23/03/2021


Produção local: fabricante de serras investe em maquinário e contrata mão de obra

Unidade paulista da Starrett recebe R$ 40 milhões para se tornar única fornecedora de serras para demais unidades do grupo nos Estados Unidos, Escócia e China. Em entrevista à Máquinas e Metais, presidente considera que o cenário é de “otimismo cauteloso”

08/03/2021


Indústria alemã: máquinas-ferramenta terão demanda crescente, diz VDW

Associação local projeta crescimento de 6% neste ano, embora a pandemia do coronavírus ainda seja um grande problema

08/03/2021