Mesmo com o momento ruim da economia, o mercado brasileiro de aço superou as expectativas e apresentou números positivos em 2020. As vendas internas do material atingiram 19,2 milhões de toneladas no País, 2,4% a mais do que em 2019. Os dados foram divulgados pelo Instituto Aço Brasil, que credita o bom número à recuperação dos negócios ocorrida a partir do segundo semestre.

Outro resultado positivo colhido em 2020 é relativo ao consumo aparente de produtos siderúrgicos, que chegou a 21,2 milhões de toneladas, em um crescimento de 1,2% em relação ao ano anterior. No que diz respeito ao Índice da Confiança da Indústria do Aço (ICIA), o instituto registrou 78,9 pontos em janeiro/21, valor estável na comparação ao mês anterior e considerado elevado pelo instituto, reforçando a confiança dos empresários em um ano próspero para o setor. 



Mais Notícias MM



Aço bruto: produção registra aumento no início de 2021

Em janeiro e fevereiro, índice atingido foi superior ao de igual período do ano passado, mesmo resultado obtido por laminados, vendas internas, consumo aparente e importações

23/03/2021


Produção local: fabricante de serras investe em maquinário e contrata mão de obra

Unidade paulista da Starrett recebe R$ 40 milhões para se tornar única fornecedora de serras para demais unidades do grupo nos Estados Unidos, Escócia e China. Em entrevista à Máquinas e Metais, presidente considera que o cenário é de “otimismo cauteloso”

08/03/2021


Indústria alemã: máquinas-ferramenta terão demanda crescente, diz VDW

Associação local projeta crescimento de 6% neste ano, embora a pandemia do coronavírus ainda seja um grande problema

08/03/2021