A empresa de logística VLI, concessionária da Ferrovia Norte-Sul, anunciou em novembro que está reforçando o transporte de grãos no eixo norte da linha com o aumento de 247 vagões em sua frota. De acordo com a companhia, 80 vagões foram recebidos no segundo semestre deste ano, enquanto o restante será disponibilizado no início de 2021. 

Os trens vão circular na próxima safra agrícola entre os 720 quilômetros que separam as cidades de Porto Nacional (TO) e Açailândia (MA), em uma região que movimentou 7,9 milhões de toneladas de milho, soja e farelo no ano passado, 25% a mais do que em 2018. O trecho também foi responsável pelo transporte de mais de 11 milhões de toneladas de outros produtos, como combustíveis, manganês e celuloses, no mesmo período.

O tramo norte da Ferrovia Norte-Sul terá mais de 3 mil vagões com as novas unidades, compradas da empresa Greenbier Maxion. Na visão da concessionária, os equipamentos recém-adquiridos favorecem o escoamento dos grãos por ter comprimento menor sem perda de volume, diminuição do peso e aumento da vida útil. Outro diferencial é o sistema motion control de alto desempenho, responsável por reduzir o atrito entre as rodas e o trilho, resultando em menos consumo de combustível e desgaste de peças.



Mais Notícias MM



Chão de fábrica: mesa elevadora para esmerilhamento e corte de canais

Com tampo giratório, equipamento propicia melhor ergonomia ao operador e elimina a necessidade do uso de pallet

24/11/2021


Matéria-prima: aço mostra bons números em outubro de 2021

Produção local do material apresenta crescimento na atividade e nas importações e exportações, entre outros índices, em relação aos índices atingidos no ano passado

23/11/2021


Mercado: empresa inaugura franquia com modelo pioneiro de negócio

Multinacional do setor de aço, ArcelorMittal terá loja em Minas Gerais com design e atendimento diferenciados para o consumidor final

23/11/2021