A Quimatic Tapmatic (São Paulo, SP) anunciou o relançamento do Quimatic Limpa Latão, uma formulação destinada a desoxidar e limpar os chamados metais amarelos (cobre, latão e bronze). O produto, destinado à limpeza de barramentos, componentes de válvulas e demais usos industriais, agora está disponível em versão à base d’água, ambientalmente correta.

De acordo com a empresa, o produto à base de água é fabricado com potentes ácidos de origem orgânica, sendo isento de substâncias corrosivas como cromo e seus derivados, e também de compostos orgânicos voláteis (VOCs). Devido a essas características, conserva as propriedades e o brilho originais do metal, ao mesmo tempo em que não oferece riscos à saúde do usuário ou ao meio ambiente.

 

O Quimatic Limpa Latão é notificado na ANVISA e também é adequado para empresas que possuem sistemas de gestão SMS (Saúde, Meio Ambiente e Segurança), atendendo às exigências ambientais e de saúde e segurança,

 

Limpeza necessária

 

De acordo com a fabricante de especialidades químicas, a falta de cuidado com os metais amarelos pode levar a uma série de prejuízos, tais como perdas na condutividade elétrica de conectores e barramentos, redução da transmissão de calor em serpentinas, evaporadores e condensadores, e até a falhas como trincas e furos em tubulações utilizadas para a passagem de líquidos ou gases.

 

A empresa alerta que os metais amarelos devem ser desoxidados e limpos adequadamente, sempre com os equipamentos desligados, para assim impedir ou frear o processo de oxidação e restaurar a condutividade elétrica e de calor das instalações.

 

“Mas é importante que a limpeza e desoxidação seja feita com produtos que não agridam a superfície do metal, não façam mal à saúde do colaboradore também não causem danos ao meio ambiente”, ressalta Marcos Pacheco, químico sênior da Quimatic.

 

Segundo o profissional, produtos de limpeza agressivos, como decapantes ácidos ou desengraxantes extremamente alcalinos, bem como desengraxantes e produtos de limpeza comuns, desgastam os metais amarelos, diminuindo sua condutividade ao mesmo tempo em que prejudicam sua aparência.

 

 _______________________________________________________________________________________

Assine a CCM Online, a newsletter quinzenal da Corte e Conformação de Metais, e receba informações sobre mercado e tecnologia para a indústria metalmecânica. Inscreva-se aqui.

________________________________________________________________________________________



 

Imagem: Quimatitc Tapmatic

 

 

Leia também:

 

Bases para estampos e componentes

 

Equipamento recupera tinta de processos de pintura a pó

 

 

#QuimatcTapmatic



Mais Notícias CCM



Cursos on-line do setor metalmecânico. Agenda começa em julho.

A ABM promove treinamentos cuja programação inclui conteúdo sobre estampagem, laminação, trefilação e aplicação de inteligência artificial (IA) em processos siderúrgicos.

15/07/2024


Conformação rotativa pode tornar viáveis as células a combustível

O Instituto Fraunhofer de Máquinas-Ferramenta e Tecnologia de Conformação (IWU) anunciou o desenvolvimento de um sistema rotativo para estampagem das finíssimas chapas metálicas usadas na montagem de placas bipolares que compõem as células a combustível. A novidade poderá reduzir os custos de produção dessas células, com impacto no mercado da mobilidade elétrica, tendo em vista que elas substituem as baterias.

15/07/2024


Prensas dobradeiras hidráulicas

Empresa brasileira comercializa prensas dobradeiras hidráulicas com força de 1.500 toneladas fabricadas em Portugal.

15/07/2024