Por Denis Pineda*

 

A utilização da robótica dentro das indústrias traz uma série de benefícios, principalmente em relação ao ganho de eficiência, redução de riscos do operador e resolução de problemas de qualidade graças à precisão dos equipamentos.

Humanos e robôs em diferentes níveis de colaboração na indústria

 

Com os famosos robôs colaborativos (cobots) em funcionamento, eles podem facilmente assumir tarefas repetitivas, sujas ou perigosas. Assim, a mão de obra, antes direcionada para a alimentação das máquinas, pode ocupar funções nas quais as habilidades e inteligência humana são realmente importantes. 

 

Segundo pesquisas da associação norte-americana A3 Robotics, que fomenta o avanço da automação robótica, no ano de 2027, os robôs colaborativos representarão cerca de 29% do mercado global de robôs industriais. Isso será possível graças aos diversos níveis de colaboração entre eles e humanos que permitem automatizar tarefas antes não alcançadas pelos robôs convencionais.

 

Para exemplificar, Denis Pineda, gerente regional da Universal Robots, classificou essas tarefas em cinco níveis conhecidos. Confira:

Tipos de interações entre robôs e humanos

 

 

O robô possui uma cerca com um perímetro que separa os espaços de trabalho entre ele e os profissionais. As vantagens é que ele pode trabalhar com ferramentas potencialmente inseguras e em máxima velocidade ao abrir mão da excelente interface de programação e facilidade de instalação.

   

 

 

 

 

 

 

*Denis Pineda é gerente regional da Universal Robots, empresa dinamarquesa de braços robóticos industriais colaborativos.


 

(Foto: Universal Robots)

#robos #industria40 #automacaoindustrial



Mais Notícias CCM



Mais investimento em serviços customizados de corte e soldagem de aços

Açotubo vai ampliar seu portfólio de serviços customizados de corte a laser, plasma e soldagem robotizada no País. Com investimento de R$ 47 milhões, a empresa também adquiriu filiais na Colômbia e no Peru.

09/02/2024


Consórcio vai incentivar a inovação tecnológica em pequenas indústrias

Parceria entre o SIMPI e o IPEM/SP vai promover o desenvolvimento de projetos para plantas industriais, sistemas produtivos e serviços.

26/01/2024


Alerta e dados em tempo real. Dispositivo de segurança chega ao mercado

Um dispositivo que monitora a movimentação de colaboradores no chão de fábrica e dispara alertas para evitar acidentes foi desenvolvido por uma startup da Bahia.

26/01/2024