Adalberto Rezende, da redação.


 

Uma linha de blocos fabricados com polietileno de alta densidade (PEAD) e polipropileno (PP) reciclado foi desenvolvida pela Fuplastic, com unidade em São Paulo (SP). Eles podem ser usados na construção de moradias e/ou casas de controle para parques fotovoltaicos (foto a seguir), exemplo de aplicação que foi um dos destaques da empresa na última edição da Intersolar South America, realizada recentemente em São Paulo (SP). 

 

Na ocasião, a companhia expôs um modelo de casa de controle, que foi construída com blocos de plástico reciclado. Esses blocos são fabricados por injeção.


Bruno Abramo, CEO da Fuplastic, que concedeu entrevista à Plástico Industrial, disse que o material reciclado usado na produção dos blocos provém de tubos usados no setor de telecomunicações e embalagens pós-uso/pós-consumo, entre outros, os quais são submetidos à reciclagem.

 

 

Trata-se de um trabalho realizado junto a empresas parceiras como cooperativas de reciclagem. O executivo falou mais sobre este assunto: “atualmente, nós obtemos material reciclado coletado por catadores e empresas especializadas em reciclagem de plásticos. Além disso, estabelecemos parcerias com nossos clientes, as quais se baseiam em operações de logística reversa e reciclagem”.

 

Sobre a formulação dos blocos, Bruno disse que são compostos por “90% de polipropileno e 10% de polietileno de alta densidade”. Ele também comentou que “os blocos têm formato padrão, mas uma casa de controle ou uma moradia, por exemplo, pode ser configurada conforme a necessidade dos clientes”. O entrevistado também comentou que os produtos são patenteados, assim como obtiveram certificação após a sua submissão a testes específicos. 


 

PEAD e PP reciclado na fabricação de caixas de passagem

 

A Fuplastic também desenvolveu uma linha de caixas de passagem de fios e cabos que são fabricadas com polietileno de alta densidade (PEAD) e polipropileno (PP) reciclado (foto ao lado). Bruno explicou que o material usado na fabricação desses produtos provém da mesma cadeia de empresas parceiras mencionada anteriormente.


As caixas são modulares e podem ser desmontadas, o que, conforme exemplificou o executivo, “facilita a logística, principalmente quando falamos do transporte de caixas de passagem fabricadas com outros materiais, ou seja, as caixas de passagem feitas de concreto ou alvenaria”.


O entrevistado também disse que a empresa tem interesse em estabelecer parcerias com empresas e instituições de pesquisa e ensino ligadas ao setor de reciclagem de plásticos. 


Em seu site, a Fuplastic disponibiliza mais informações sobre os produtos.

 

 

Imagens: Fuplastic/Divulgação, Adalberto Rezende.

 

Leia também:

 

Vai passar

 

Estudo sobre a poeira gerada na reciclagem mecânica de plásticos reforçados com fibras

 

A transição de projetos de reciclagem PIR para PCR na indústria de transformação de plásticos

 

#Fuplastic #ConstruçãoCivil #Reciclagem #PlásticoIndustrial



Mais Notícias PI



Quadro de bicicleta de plástico reciclado é lançado na Alemanha

A Igus e a Advanced Bikes desenvolveram um quadro de bicicleta fabricado por injeção. Ele é feito em uma peça única, sem soldas, e é composto por plásticos de alto desempenho reciclados e fibras de carbono.

16/07/2024


Medição on-line assegura a qualidade do material durante o processamento

Fabricante suíça de instrumentos de medição desenvolveu um viscosímetro com módulo de medição que analisa polímeros fundidos durante a extrusão.

16/07/2024


Banco de dados reúne informações sobre plásticos recicláveis

Pesquisadores dos Estados Unidos criaram um banco de dados com informações sobre caracterização de polímeros que deve servir como base para estudos sobre a reciclagem de plásticos.

17/07/2024