A Bossanova Investimentos, em parceria com a Produttare Consultoria, lançou o Comitê Indústria 4.0, com o objetivo de encontrar soluções de inteligência artificial, robótica, IoT e computação em nuvem a fim de investir até R$ 5 milhões em startups do segmento.

 

Segundo informativo da empresa de investimentos disponibilizado à imprensa, uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que, entre outubro e novembro de 2021, as tecnologias da Indústria 4.0 que mais impactam de forma positiva na lucratividade das empresas são os sistemas de conexão máquina-máquina, Big Data e inteligência artificial. Entre as companhias que adotaram as duas primeiras inovações, 32% informaram buscar lucrar mais do que no período pré-pandemia, ao passo que 30% delas informaram investir em  inteligência artificial, com a mesma finalidade.

 

Para João Kepler, CEO da Bossanova, esses dados mostram o quão promissor é o segmento para as startups e que este é o momento para oferecer mais possibilidades e recursos para que seus projetos ganhem escalabilidade e atinjam novos horizontes. “A ideia principal do comitê é unir a expertise em investimentos da Bossanova com os conhecimentos que a Produttare tem para entender as dores do mercado industrial, para juntos, encontrarmos as soluções mais inovadores e com alto potencial de crescimento”, explicou o empresário.

 

O projeto será liderado por diversos especialistas e profissionais da área. Para participar do comitê, as startups precisam se enquadrar em requisitos como: possuir modelo de negócios B2B ou B2B2C; solucionar problemas da indústria; ter o modelo de negócio SaaS ou que combine software e hardware; aplicar tecnologias de IoT, IA, software de gestão empresarial, robótica, AR/VR, blockchain, BIM, redes, segurança de dados e outras; que tenham pelo menos duas pessoas no time fundador; mais de um ano desde a fundação e que já estejam operando; além de ter o faturamento mínimo de R$ 20 mil. As empresas interessadas em participar do Comitê Indústria 4.0 podem se inscrever por meio do site da companhia.

 

(Foto: rawpixel.com, Freepik)

#startup #investimento #internetdascoisas #iot #inteligenciaartificial #industria40



Mais Notícias PI



A indústria e a crise energética no Brasil

Uma visão de como os impactos causados pela crise energética podem promover a uma preparação para os próximos desafios.

08/12/2021


PET de origem vegetal na fabricação de garrafas para refrigerantes

Protótipo lançado este mês foi usado no envase do refrigerante da marca europeia Orangina. A comercialização deverá ter início em breve.

07/12/2021


Alta da produção de resinas recicladas nos últimos anos

Mais de um milhão de toneladas de resinas recicladas foram produzidas em 2020 no Brasil, de acordo com levantamento da MaxiQuim. Também foi percebido aumento do consumo de resíduos plásticos entre 2019 e 2020.

07/12/2021