O Grupo Piovan S.p.A. (Itália), com subsidiária em São Paulo (SP), anunciou recentemente que recebeu da empresa de pesquisa Sustainalytics, que integra o conglomerado Morningstar (Estados Unidos), uma nova classificação de risco ESG, que melhora a sua posição no ranking de boas práticas ambientais, sociais e de governança (ESG). 

 

 

A posição registrada em novembro foi de 21.9 e situa a empresa na categoria de risco médio, mas representa uma melhora de 11.8 pontos em relação à avaliação anterior, que a colocava na posição 33.7.

 

Em comunicado à imprensa, foi informado que esta classificação é baseada em análises sobre diversos fatores como, por exemplo, emissão de carbono, impacto ambiental, saúde e segurança ocupacional, bem como impacto social de produtos e serviços, ética empresarial, entre outros.

 

Nicola Piovan, presidente-executivo da companhia avaliada, comentou que “a conquista deste importante reconhecimento é a prova do empenho direcionado ao desenvolvimento sustentável. Esta classificação não é a chegada, mas sim uma etapa no caminho”.

 

Filippo Zuppichin, CEO da empresa, disse que “a classificação obtida realça as peculiaridades do Grupo Piovan”. Ele concluiu com o seguinte comentário: “A empresa pretende ser um impulsionador global na conversão para uma economia circular na indústria de plásticos”. 

 

A Sustainalytics disponibilizou o relatório referente à certificação, o qual pode ser acessado aqui


 

Imagem: Shutterstock


 

Conteúdo relacionado:

Parceria amplia o uso da tecnologia de produção de eteno “verde”

Polímeros reciclados no campo - Tendências da plasticultura no agronegócio para 2022


 

#Piovan #Sustainalytics #Morningstar #PlásticoIndustrial

 



Mais Notícias PI



Novos polímeros com grafeno, mais resistentes e sustentáveis

Parceria entre a Gerdau Graphene e a unidade Embrapii Senai Mario Amato terá foco na pesquisa, desenvolvimento e inovação para aplicações industriais do grafeno em plásticos.

18/01/2022


Poluição marinha por plásticos em debate

A AMI promove gratuitamente o evento virtual “Ocean Plastic”, que falará sobre como encontrar maneiras de resolver o problema da poluição marinha por plásticos.

17/01/2022


Sachês pós-consumo transformados em itens esportivos

Projeto que integra a Boomera e a marca Nescau resultou na reciclagem de resina pós-consumo, proveniente de embalagens flexíveis, em itens esportivos, os quais foram doados a organização beneficente.

14/01/2022