Uma parceria entre a desenvolvedora de resinas termoplásticas Braskem, com escritório comercial em São Paulo (SP), e a fornecedora de arames e telas para alambrados Insul, situada no município de Cachoeira do Sul (RS), levou à criação de uma linha de distanciadores de cerca – equipamentos comumente utilizados em propriedades rurais e no agronegócio – feitos de polipropileno (PP).

Distanciador de cerca feito em material plástico apresenta vantagens em relação a outros modelos

 

A nova série recebeu o nome de “Tramafácil” e será composta por distanciadores com altura de 1.100 mm, largura de 50 mm e profundidade de 20 mm. Sua fabricação será feita por meio do processo de injeção e em sua formulação serão usados aditivos que permitem a obtenção de propriedades como boa resistência à corrosão e às intempéries típicas do campo.

 

Os produtos, cuja principal função é manter o espaçamento correto entre os arames de cerca, contam com um sistema de encaixe que possibilita a sua integração a cercas compostas por quatro a sete fios de arame, podendo ser usados em arames lisos ou com formato ovalado e com espessura de 2,20 a 3 mm.

 

De acordo com as empresas envolvidas no projeto, os distanciadores de PP proporcionam vantagens em relação aos seus similares fabricados com materiais convencionais. Por meio de um comunicado à imprensa foram listadas algumas delas: maior durabilidade e inibição da ação de ferrugem e/ou de apodrecimento; menor peso; compatibilidade com cercas elétricas devido ao fato de serem fabricados a partir de resina termoplástica; possuem maior barreira visual, evitando, por exemplo, que animais ultrapassem a área cercada.

 

“Sempre nos dedicamos a buscar soluções inovadoras para o segmento de cercas e alambrados, e percebemos através de viagens a outros países que existe muita tecnologia que pode ser explorada no Brasil. Enxergamos um grande espaço para inovações nessa e em tantas outras áreas do agronegócio”, comentou Guilherme Ache, diretor executivo da Insul.

Exemplo de aplicação de distanciadores de cerca fabricados em polipropileno

Ana Paiva, responsável por uma plataforma digital voltada para o agronegócio e gerenciada pela Braskem, também falou sobre esse projeto: “Com base na relevância do agronegócio, a Braskem investe constantemente em soluções e tecnologias para apoiar o avanço das atividades agrícolas. É gratificante fechar parcerias que nos desafiam a desenvolver projetos inovadores, atrelados a diversos benefícios ao setor e ao meio ambiente”.

 

A previsão é que os modelos passem a ser comercializados ainda no mês de maio. Em um primeiro momento eles serão fornecidos em versões com cor preta e apresentando as configurações mencionadas, mas há a possibilidade de serem fabricadas futuramente versões com altura de 1.200 mm.

 

Imagem: Novo modelo de distanciador de cerca feito em polipropileno faz parte de uma linha de produtos desenvolvidos a partir de uma parceria entre empresas brasileiras.

 

Conteúdo relacionado:

Novo centro de pesquisa em plasticultura para o agronegócio

Masterbatches mais sustentáveis para a área de plásticos

 

#Braskem #Insul #Agronegócio #Polipropileno #PlásticoIndustrial



Mais Notícias PI



Planta-piloto para reciclagem de filmes de PEBD inicia operações na Europa

Unidade servirá como base de estudos e testes de produtos plásticos para programas internacionais de reciclagem.

18/06/2021


Eventos da área de materiais e moldes são adiados para 2022

Semana técnico-científica organizada pela ABM, vai acontecer em junho de 2022, junto com o Encontro da Cadeia de Ferramentas, Moldes e Matrizes.

18/06/2021


PEAD reciclado passa a ser usado na fabricação de contêineres multicamadas

Linha de produtos é indicada para o acondicionamento de substâncias nocivas e tem certificação internacional.

15/06/2021