A Materialise, empresa belga que desenvolve soluções para impressão 3D, projetou um componente que, adaptado a maçanetas, permite a abertura de portas sem o uso das mãos, usando-se apenas o braço. A empresa está oferecendo o projeto para download gratuito e solicitando à comunidade global de impressão 3D que imprima o componente e o disponibilize em todo o mundo, tendo em vista que os cuidados para prevenir a contaminação por coronavírus farão parte de nossas vidas por um bom tempo ainda.

O abridor impresso em 3D pode ser conectado às maçanetas existentes e possui uma extensão em forma de remo que permite que as pessoas abram e fechem portas sem tocar nas maçanetas, ajudando assim a reduzir a propagação do vírus.

apoio para abrir portas impresso em 3D da Materialise
 

O abridor de porta “mãos-livres” (hands free) pode ser instalado sem necessidade de furação ou substituição da maçaneta já existente. O primeiro modelo pode ser anexado a alças cilíndricas, mas a Materialise planeja introduzir projetos adicionais usando diferentes tecnologias de impressão 3D, conforme necessário, em resposta à disseminação do coronavírus.

A ideia da maçaneta da porta impressa em 3D surgiu em uma reunião interna para definir medidas para proteger funcionários e visitantes da empresa. Logo ficou claro que mais pessoas poderiam se beneficiar do projeto e a empresa decidiu disponibilizá-lo gratuitamente em https://www.materialise.com/en/hands-free-door-opener. Qualquer pessoa com acesso a uma impressora 3D pode baixá-lo e imprimi-lo em questão de horas.

 

Foto:Materialise


#impressão3D-covid19



Mais Notícias PI



Curso gratuito sobre plásticos no Colégio Técnico de Campinas

Instituição vinculada à Unicamp oferece treinamento presencial com duração de dois anos, ministrado nos períodos matutino e noturno. Professores do colégio comentaram sobre o conteúdo do curso e o tipo de público para o qual ele é recomendado.

20/02/2024


Covestro inaugura unidade para produzir anilina de base biológica

Insumo utilizado na produção do MDI, precursor do poliuretano, a anilina de base biológica vai contribuir para reduzir a pegada de carbono da cadeia de produção desse material.

20/02/2024


Compostos e Arkema firmam parceria no fornecimento de polímeros especiais

Materiais especiais da desenvolvedora francesa passaram a ser comercializados pela distribuidora paulista, que tem unidade também em Caxias do Sul (RS).

20/02/2024