Uma nova linha de alimentadores lançada pela Coperion (Alemanha) incorpora o uso de sensores internos que podem registrar dados referentes ao volume de matéria-prima em processamento, à velocidade de deslocamento dos grânulos e aos gradientes de temperatura decorrentes da operação.

 

Com capacidade de até 6 t/h, os modelos também contam com um sistema de acionamento de vibração que pode ter suas dimensões customizadas de acordo com a necessidade do cliente e amortecedores desenvolvidos para esse tipo de aplicação. Ele pode ser utilizado para orientar a movimentação dos grânulos, permitindo que ocorra uma descarga contínua e uniforme dos produtos, de acordo com informações da fabricante. Os alimentadores podem processar resinas abrasivas e também são indicados à fabricação de embalagens ou para aplicações na reciclagem de polímeros.

 

#plastico #dosagem #sensores



Mais Notícias PI



Investimento em reciclagem

Gestora de resíduos europeia investe em maquinário para ampliar a oferta de reciclados obtidos a partir do plásticos flexíveis e rígidos.

11/08/2020


Momento pós-pandemia favorece o mercado de itens de lazer

Fabricante de gelcoat para acabamento de piscinas já percebe aumento de demanda por este item.

10/08/2020


Cresce o interesse em tecnologia digital

Estudo abordou os tipos de tecnologia digital que estão no radar da indústria de manufatura, e trouxe um panorama das áreas em que eles poderão ser usados.

06/08/2020