A Röchling, com unidade brasileira em Jundiaí (SP), está investindo 50 milhões de euros em uma nova unidade da sua divisão Röchling Medical, para produção de itens plásticos para a área médica em Neuhaus (Alemanha). O investimento contempla instalações físicas e maquinário, e simboliza a opção do grupo por valorização dos negócios dessa divisão.

Hanns-Peter Knaebel, CEO do Grupo Röchling, informou que a demanda por produtos médicos cresceu muito nos últimos anos. “Ao construir a nova unidade produtiva, seremos capazes de atender melhor às necessidades de nossos clientes, avançando ao mesmo tempo em que expandimos nossa posição no mercado”.

As obras terão início no próximo ano e a ampliação do edifício e da sala limpa, além da instalação das instalações técnicas do edifício, deve ser concluída até 2022, para inauguração no primeiro trimestre de 2023.

 

Expansão da produção em sala limpa

Um prédio de quatro andares com área total de 1.850 m² vai criar espaço para os ambientes assépticos necessários para a produção de itens por extrusão e sopro. O destaque do novo prédio será o último andar, com cerca de 1.700 m² destinados à produção em sala limpa GMP (de Good |Manufacturing Practice) classes C e D, dos quais aproximadamente 500 m² serão no padrão farmacêutico C de alto nível.


Indústria 4.0 e sustentável

O projeto do edifício dá atenção especial a conceitos como automação, indústria 4.0 e sustentabilidade (energias renováveis). Além dos padrões ambientais do local já certificados pela ISO 14001, o novo edifício contará com um sistema de armazenamento a frio com eficiência energética para economizar recursos e reduzir as emissões de carbono. Um dos aspectos desse conceito é a caixa d'água para combate a incêndio por aspersão, que tem volume em torno de 2.000 m³, cuja temperatura será reduzida à noite para abastecer as linhas de refrigeração no dia seguinte.

O fluxo interno geral de produtos será gerenciado por um sistema de transporte autônomo de modo a otimizar a movimentação de itens e evitar a contaminação de produtos e meios de transporte. O produto final terá qualidade assegurada ao longo de toda a cadeia de processo de maneira limpa, por sistemas conectados em rede. Isso vai satisfazer as demandas da indústria farmacêutica e médica em termos de produção limpa e totalmente monitorada.

Em 2016, o Grupo Röchling adicionou a divisão Médica às suas duas divisões existentes, Industrial e Automotiva. Ao fazer isso, definiu um foco estratégico claro no desenvolvimento e fabricação de produtos plásticos de alta qualidade para os ramos de diagnóstico, gerenciamento de fluidos, farmacêutico, cirurgia e intervenção. As principais competências da Röchling Medical Neuhaus incluem moldagem por sopro e extrusão, moldagem por sopro por injeção, moldagem por injeção, moldagem por sopro e estiramento e vários processos de montagem de sala limpa classe C GMP totalmente automatizados. Em Neuhaus, a empresa opera atualmente sete máquinas de moldagem por sopro, uma injetora, uma máquina de moldagem por estiramento e sopro 20 máquinas de moldagem de filmes tubulares, três das quais operam por co-extrusão.


 

 

Fotos: Röchling

 

Conteúdo relacionado:

Guia Plástico Industrial de fornecedores de resinas especiais para a área médica

Anvisa simplifica a regularização de produtos para combate ao coronavírus

 

#plásticosnaáreamédica

#Roechling


 



Mais Notícias PI



Parceria evitará o descarte de resíduos plásticos em aterro sanitário

Acordo entre companhias prevê a triagem de resíduos plásticos domiciliares antes de seu descarte em aterro, reinserindo-os na indústria com o objetivo de estimular a economia circular.

30/10/2020


Estirênicos plenamente recicláveis

Trabalho conjunto entre a SCS e o Instituto Fraunhofer atestou a adequação do poliestireno reciclado para aplicações envolvendo o contato com alimentos.

29/10/2020


Aditivo à base de zinco protege superfícies plásticas

Empresa lança aditivo que impede a disseminação de vírus, bactérias e fungos em superfícies plásticas

27/10/2020