A alemã Igus, com fábrica em Jundiaí (SP), anunciou a inauguração de um centro de automação na cidade de Joinville (SC), onde clientes e estudantes das universidades locais e demais interessados poderão testar aplicações e os produtos da empresa para o setor de robótica, inclusive aplicada a tarefas de usinagem.

A sede tem aproximadamente 300 metros quadrados, divididos entre estoque, showroom com máquinas; mini-auditório para palestras; salas de reuniões e estações de trabalho (foto ao lado).

 

A empresa escolheu a cidade de Joinville por ser reconhecida como referência para empresas inovadoras, de alta tecnologia e inovação. Segundo dados da Igus, no último ano, o mercado de Santa Catarina representou 12% do seu faturamento nacional.

 

“A implementação de robótica na indústria favorece a competitividade, permitindo a produção de alta qualidade com custos mais baixos. Isso é especialmente relevante para empresas que buscam soluções de automação de baixo custo, como propõe a nossa nova unidade em Joinville, que visa divulgar soluções de automação acessíveis”, ressaltou Marcelo Pimenta, CEO Brasil e LATAM da Igus.

 

Educação e próximas gerações

 

Além de atender empresas e profissionais, a Igus pretende manter disponível o novo espaço para estudantes universitários que participam de grupos de pesquisas dedicados à automação e robótica. Essa iniciativa se adequa ao projeto YES (Young Engineers Support – Suporte aos Jovens Engenheiros, em tradução livre) da empresa, que oferece apoio a projetos e patrocínio a estudantes dos cursos de engenharia.

A empresa oferece kits de robótica de baixo custo para instituições do ensino médio e fundamental, além de permitir que a sua sede seja utilizada por alunos do nível superior que desejarem realizar testes e novas experimentações.

 

Linha de automação de baixo custo

 

A linha de automação de baixo custo (LCA, de low cost automation) da Igus propõe fornecer soluções de automação econômicas e fáceis de utilizar, que tenham um retorno sobre o investimento (ROI) rápido, não apenas pelos custos de aquisição, mas também considerando os custos de longo prazo, como dispositivos periféricos, adaptações para máquinas existentes e custos de instalação.

A empresa desenvolveu uma variedade de produtos para essa linha, incluindo robôs industriais, robôs colaborativos (cobots), braços robóticos articulados, robôs lineares, robôs delta, robôs SCARA, e um sistema de controle de robôs. Todos são projetados para serem integrados facilmente em sistemas de produção existentes.


 

 _______________________________________________________________________________________

Assine a Giro Rápido, a newsletter quinzenal da Máquinas e Metais, e receba informações sobre mercado e tecnologia para o setor de usinagem. Inscreva-se aqui.

________________________________________________________________________________________


Imagem: Igus


 


 

Leia também:

 

Cabeçotes acionados por jato de refrigeração, um novo conceito em usinagem

 

Robôs industriais da Comau em nova geração


 



Mais Notícias MM



Fabricante de retificadoras lança nova versão de software

A ANCA anunciou a nova versão de seu sistema de controle e monitoramento de ferramentas e operações de retificação.

04/07/2024


Webinar da SolidCAM vai tratar da programação de centros de torneamento

Evento on-line vai tratar do uso de ferramentas digitais na programação, tendo em vista obter a maior produtividade possível dos centros de torneamento CNC.

21/06/2024


Delta tem novas cabines para limpeza de peças por ultrassom

Atenta aos requisitos de limpeza técnica na indústria, a empresa aprimorou o nível de retenção de partículas de seus modelos de lavadoras de peças por ultrassom.

20/06/2024