A produção local de aço bruto foi de 5,8 milhões de toneladas neste primeiro bimestre, 7,3% a mais do que no mesmo período do ano passado, de acordo com o Instituto Aço Brasil. Com a mesma base de comparação, o setor de laminados obteve um crescimento de 7,4%, em um total de 4,2 milhões de toneladas, e o de semiacabados para vendas diminuiu em 10%, atingindo 1,2 milhão de toneladas.

As vendas internas também foram positivas para o segmento, com 3,8 milhões de unidades comercializadas de janeiro a fevereiro, representando alta de 22,9% em relação a igual período de 2020. O consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos foi de 4,3 milhões de toneladas, em um aumento de 24,7% no mesmo comparativo. Ainda nesta base, as importações aumentaram 74,4%, atingindo 658 mil toneladas (US$ 581 milhões), e as exportações caíram 30,2%, no valor total de 1,3 milhão de toneladas (US$ 836 milhões).

Em relação apenas a fevereiro, a produção de aço bruto no País foi de 2,8 milhões de toneladas, 3,8% a mais do que no mesmo mês do ano passado. A de laminados representou 2,1 milhões de toneladas, índice 8,3% superior, e a de semiacabados para vendas chegou a 557 mil toneladas, em uma redução de 20,8%. 

As vendas internas avançaram 20,9% (1,9 milhão de toneladas), as exportações foram 2,1% maiores (766 mil toneladas) e as importações subiram 123,5% em quantidade e 81,2% em dinheiro, atingindo respectivamente 334 milhões de toneladas e US$ 293 milhões, tudo isso na comparação com o segundo mês de 2020.



Mais Notícias MM



Investimento: siderúrgica adquire máquinas de serras e fornos de tratamento técnico

Villares Metals amplia Centros de Serviços e Soluções nas unidades de SP, MG, RS e SC e isso representa um aumento de 25% no número de postos de trabalho nesses centros

27/04/2021


Produção local: fabricante de serras investe em maquinário e contrata mão de obra

Unidade paulista da Starrett recebe R$ 40 milhões para se tornar única fornecedora de serras para demais unidades do grupo nos Estados Unidos, Escócia e China. Em entrevista à Máquinas e Metais, presidente considera que o cenário é de “otimismo cauteloso”

08/03/2021


Indústria alemã: máquinas-ferramenta terão demanda crescente, diz VDW

Associação local projeta crescimento de 6% neste ano, embora a pandemia do coronavírus ainda seja um grande problema

08/03/2021