Natal Pasqualetti Neto*

 

 

De forma geral, o dimensionamento da estrutura de uma máquina é feito a fim de que ela suporte a carga que está sendo aplicada. Porém, nas prensas para estampagem, a mesa da máquina é dimensionada considerando que:

 

 

 

Isso significa que no dimensionamento da mesa/martelo de uma prensa a deformação prevalece, pois na prensa será instalada uma ferramenta de precisão, e uma deformação maior do que a especificada não permitirá estampar a peça com qualidade.

 

 

NOTA: Nas prensas rápidas que contam com ferramenta de alta precisão a rigidez deverá ser maior ainda. Ou seja, a deformação admissível mesa/martelo da prensa a ser utilizada depende da precisão da ferramenta.

 

Essas informações da distribuição de carga e deformação devem constar do manual de serviço da máquina. Infelizmente, alguns manuais de máquinas não contêm essas informações.

 

Exemplo de informações constantes do manual: Fonte: Manual de uma prensa Seyi.

 

 

 

Uma vez não obedecida a limitação especificada, haverá deformação além do necessário para garantir a qualidade da estampagem da peça e, dependendo da deformação causada, isso pode levar ao empenamento da placa da mesa, e consequentemente, à sua inutilização.

 

É importante notar que no caso de uma ferramenta ocupar menos de 2/3 da área da mesa, se a força aplicada for proporcionalmente menor que a força nominal da máquina, não haverá danos.

 

Alguns manuais de fabricantes trazem informações mais detalhadas. Eles fornecem um diagrama para orientação do usuário no caso do uso de ferramentas “pequenas”, ou seja, que ocupem uma área menor que 2/3 da área da mesa. Neste diagrama é também levado em conta o formato da ferramenta.

 

Exemplo:

 

 

Em se tratando da utilização de ferramenta pequena, podemos minimizar um pouco a concentração de carga pelo uso de uma placa intermediária de grande espessura. Neste caso, a carga se propaga em 45°, e aumenta um pouco a distribuição dessa carga.

 

 

Finalizando, o mais importante é saber das limitações e utilizar o bom senso para evitar danos à prensa.


 

 

 

 

Natal Pasqualetti Neto é engenheiro mecânico pós-graduado em Automação Industrial pelo Centro Universitário FEI (São Bernardo do Campo, SP). Sócio Proprietário da NATAL Treinamento e Consultoria – www.natal.eng.br.



Mais Notícias CCM



A importância dos manuais de serviço de prensas

Auxiliar os usuários de prensas na execução de conformação e estampagem de chapas é uma das utilidades do manual de serviço, seja ele em formato físico ou digital.

01/07/2024


Prensas mecânicas – tipos de freios e embreagens

Informações sobre sistemas de freio e embreagem presentes em prensas, com destaque para processos de resfriamento e sincronismo.

17/06/2024


Os processos básicos da estampagem de metal

Um resumo das variáveis de processos de estampagem de chapas e recomendações sobre os tipos de prensas a serem usadas.

03/06/2024