De acordo com informativo do Instituto Aço Brasil – entidade representativa das empresas brasileiras produtoras de aço – enviado recentemente à imprensa, a produção brasileira de aço bruto foi de 30,3 milhões de toneladas no acumulado de janeiro a outubro de 2021, o que representa um aumento de 19,2%, frente ao mesmo período do ano anterior.

 

 

A diretora de Comunicação e Relações Institucionais do instituto, Débora Oliveira, pontuou que além desse aumento mencionado, a produção de laminados no mesmo período (ou seja, de janeiro a outubro de 2021) foi de 22,4 milhões de toneladas, 25,9% superior em relação ao registrado no respectivo período de 2020. A produção de semiacabados para vendas totalizou 6,9 milhões de toneladas de janeiro a outubro de 2021, o que representa um acréscimo de 6,1%, na mesma base de comparação.

 

Utilizando sempre a mesma base comparativa, as vendas internas foram de 19,4 milhões de toneladas de janeiro a outubro de 2021, o que representa uma alta de 23,1% quando comparada ao ano anterior. O consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos foi de 22,7 milhões de toneladas no acumulado até outubro de 2021. Uma alta de 31,0% frente ao registrado no mesmo período do ano passado.

 

A seguir, é possível assistir um vídeo referente ao relatório mensal do setor, elaborado pelo instituto, e em seu site é possível realizar o download de arquivos mais detalhados sobre as estatísticas de cada mês ou em série.

 

 

As importações alcançaram 4,2 milhões de toneladas no acumulado até outubro de 2021, um aumento de 159,1% frente ao mesmo período do ano anterior. Em valor, representaram cerca de US$ 4,1 bilhões e avançaram 129,3% no mesmo período de comparação. 

 

As exportações de janeiro a outubro de 2021 atingiram 9,1 milhões de toneladas, o equivalente a US$ 7,5 bilhões. Esses valores representam, respectivamente, retração de 2,0% e aumento de 65,6% na comparação com o mesmo período de 2020.

 

Segundo Oliveira, como o mercado interno encontra-se plenamente abastecido, as empresas estão escoando parte de sua produção para o mercado internacional. As exportações de outubro foram de 1,2 milhão de toneladas, ou US$ 1,1 bilhão, o que resultou em aumento de 58,5% e 170,2%, respectivamente, na comparação com o ocorrido no mesmo mês de 2020.


 

(Foto: Instituto Aço Brasil)

#producaodeaço #estatisticasanuais #aumentonaproducao



Mais Notícias CCM



Cursos on-line do setor metalmecânico. Agenda começa em julho.

A ABM promove treinamentos cuja programação inclui conteúdo sobre estampagem, laminação, trefilação e aplicação de inteligência artificial (IA) em processos siderúrgicos.

15/07/2024


Conformação rotativa pode tornar viáveis as células a combustível

O Instituto Fraunhofer de Máquinas-Ferramenta e Tecnologia de Conformação (IWU) anunciou o desenvolvimento de um sistema rotativo para estampagem das finíssimas chapas metálicas usadas na montagem de placas bipolares que compõem as células a combustível. A novidade poderá reduzir os custos de produção dessas células, com impacto no mercado da mobilidade elétrica, tendo em vista que elas substituem as baterias.

15/07/2024


Prensas dobradeiras hidráulicas

Empresa brasileira comercializa prensas dobradeiras hidráulicas com força de 1.500 toneladas fabricadas em Portugal.

15/07/2024