A Aspiramaq (Diadema, SP), empresa do Grupo New Japan, desenvolve linhas de equipamentos que fazem a coleta de partículas ou gases provenientes de processos industriais como, por exemplo, resíduos metálicos originados durante o corte e/ou esmerilhamento de chapas e tubos, bem como fumos gerados por soldagem.

Máquinas para coletar resíduos provenientes de processos de corte e soldagem de metais

 

Entre os modelos voltados para a eliminação de partículas estão os da série Ciclone, que apresentam vazão máxima por hora, dependendo da versão, de 6.200 a 23.000 metros cúbicos. Eles contam com filtro do tipo cartucho e tambor com “minissaia”, onde são depositados os detritos, e operam com pressão de 200 mmCA. A potência de seu motor é de 7,5 a 30,0 hp, ou, em conversão, 7,6 a 30,4 cavalos, respectivamente. Podem ser configurados com laterais abertas ou fechadas.

 

Segundo informações da empresa, são fornecidos coletores de fumo de soldagem com as seguintes características: motor com potência a partir de 2,23 kW, nível de ruído a partir de 80 dB e temperatura máxima de operação de 90 °C. Eles são comercializados em versões móveis ou estacionárias. Também são fornecidos itens opcionais.

 

Tel. (11) 4049-1759, www.aspiramaq.com.br



Mais Notícias CCM



Conserto de ferramental para corte e conformação de chapas

Empresa presta serviços de soldagem para recuperação de estampos e matrizes para conformação de metais.

18/10/2021


Lubrificação sem névoa para chapas em processamento

Sistema dispensa o uso de ar comprimido na aplicação de óleo na superfície de chapas a serem processadas.

18/10/2021


Escâner 3D para medição sem contato de tubos metálicos

Equipamento usa microssondas para detectar trincas ou porosidade em superfícies internas e externas de tubos.

08/10/2021