A Pilz, com matriz na Alemanha, trouxe para o Brasil o robô para aplicações industriais PRBT, que possui seis eixos e pode movimentar cargas de até seis quilos.

 

O autômato possui braço com alcance de 741 mm e pode contar com garra com acionamento elétrico ou pneumático, além de ser equipado com sensor de aproximação cujo raio de atuação é de aproximadamente 170 º, podendo ser ajustado para operar em, por exemplo, ambos os lados da base na qual será instalado. Entretanto, conforme disse Mauro Contesini, desenvolvedor de negócios da empresa, é necessário atentar para o layout do espaço fabril em que o modelo será instalado, pois superfícies metálicas e/ou espelhadas presentes em locais desse tipo podem prejudicar a atuação do sensor – como de bancadas, pilares de equipamentos de movimentação de cargas ou até ferramentas, por exemplo.

 

Também estão disponíveis itens opcionais como módulos de controle, dispositivos de comando móveis e kits de medição de colisão, assim como assistência técnica e treinamento em todo o País.

 

#robos #robosindustriais #automato #plastico



Mais Notícias PI



Cresce o interesse em tecnologia digital

Estudo abordou os tipos de tecnologia digital que estão no radar da indústria de manufatura, e trouxe um panorama das áreas em que eles poderão ser usados.

06/08/2020


Vacinas contra Covid-19 serão envasadas em frascos plásticos

Empresa dos Estados Unidos contratou da alemã Zahoransky o fornecimento de linhas de fabricação no valor próximo de 25 milhões de euros. Elas vão executar a injeção, sopro, revestimento dos frascos, envase e gravação, de forma totalmente automatizada.

31/07/2020


Robôs aprendem a montar por tentativa e erro

A programação flexível de robôs é complexa no caso das tarefas de montagem. Por isso um projeto de pesquisa denominado Rob-aKademI propõe o uso de aprendizagem de máquina para torná-la mais fácil e autônoma, mudando a forma como os equipamentos “aprendem”.

22/07/2020