A partir de abril deste ano, os pesquisadores do Instituto Mauá de Tecnologia (IMT) contarão com um novo e moderno laboratório de microscopia eletrônica de varredura (MEV) para inspeção de materiais nas áreas de motores, ensaios mecânicos, metrologia, construção de máquinas, biologia e microbiologia, alimentos, biotecnologia, polímeros, compósitos, nanomateriais, entre outros. O novo laboratório poderá ser utilizado para estudos e pesquisas e demandas de empresas externas.

 

Novo laboratório de análise de materiais iniciará atividades no mês de abril

 

De acordo com informações do instituto, o novo espaço foi concebido em parceria com a Tescan do Brasil Instrumentos Científicos Ltda., subsidiária da Tescan Orsay Holding – fornecedora de tecnologias no segmento de sistemas de microscopia eletrônica e iônica e de microtomografia de raios-X. O novo laboratório disponibilizará aos usuários equipamentos modernos e altamente precisos nas análises, tais como o microscópio eletrônico de varredura (MEV) de quarta geração VEGA LMU, com integração da tecnologia de imagem e análise química, o que abre um novo leque de suporte tecnológico para os diferentes trabalhos de pesquisa e de desenvolvimento científico-tecnológico da instituição.

 

A professora doutora Viviane Tavares de Moraes – líder do grupo de pesquisas de ciências e engenharia de materiais do Departamento de Engenharia Mecânica da Mauá – afirmou que, com esse equipamento, será possível realizar análises com ampliação de até um milhão de vezes, ao passo que se chega a apenas mil vezes com os microscópios ópticos. "Nossos pesquisadores terão à disposição um instrumento de última geração, que garantirá melhor precisão nas análises e contribuirá com o estudo de topografia e fases de materiais".

 

Segundo o diretor administrativo da Tescan, Rafael Rossetto, entre os diferenciais do microscópio eletrônico VEGA LMU, está a combinação de imagens e a análise de composição elementar ao vivo em uma única janela do software Essence, da Tescan. “Essa combinação simplifica a aquisição de dados morfológicos e elementares da amostra, tornando esse instrumento uma solução analítica eficiente para a inspeção de rotina dos materiais nos laboratórios de controle de qualidade, análise de falhas e pesquisa”.

 

O IMT afirmou ainda que o laboratório atenderá também as demandas de empresas externas, e outras instituições de ensino superior. A cerimônia de inauguração do novo Laboratório de Microscopia Eletrônica foi realizada no dia 8 de abril, no campus de São Caetano do Sul (SP), contando com uma demonstração da funcionalidade do microscópio eletrônico de varredura. 

 

(Foto: divulgação IMT)

 



Mais Notícias PI



Evento sobre materiais plásticos acontece em SP

Palestras técnicas sobre plásticos de engenharia e compostos termoplásticos serão realizadas na Feiplar & Feipur.

16/07/2024


Embalagens de transporte serão temas de curso on-line

O Instituto de Embalagens está promovendo um treinamento sobre embalagens de transporte, que segue com inscrições abertas.

16/07/2024


Quadro de bicicleta de plástico reciclado é lançado na Alemanha

A Igus e a Advanced Bikes desenvolveram um quadro de bicicleta fabricado por injeção. Ele é feito em uma peça única, sem soldas, e é composto por plásticos de alto desempenho reciclados e fibras de carbono.

16/07/2024