A Helsim passou a comercializar uma linha de copos confeccionados a partir do copoliéster Tritan, fornecido pela norte-americana Eastman. Eles apresentam formato sextavado e possuem versões com altura de 115 e 160 mm e diâmetro de 93 mm, além de capacidade de 400 e 600 mL.

 

Os copos pertencem à série Geometric, têm parede com espessura de 2,5 mm e podem ser submetidos a gradientes de temperatura de até 100 ºC, caso seja necessário o aquecimento de bebidas em aparelhos de micro-ondas, por exemplo. Essas características e as propriedades do polímero utilizado possibilitam que os produtos finais tenham boa resistência ao impacto, fazendo com que eles apresentem trincas ao invés de fragmentar em caso de queda e/ou choque, o que é um fator bastante significativo no que diz respeito à comparação com materiais comumente destinados a esse tipo de aplicação.

 

De acordo com Kelly Franquim e Renan Pereira, que atuam no departamento de engenharia e marketing da Helsim, respectivamente, o uso do copoliéster facilita o preenchimento da cavidade do molde usado para a fabricação dos copos, assim como pode evitar o surgimento de anomalias na estrutura deles, possibilitando a obtenção de um design limpo e uma aparência brilhante. Além disso, Alessandra Lancellotti, representante de vendas da Eastman, afirmou que o material é resistente à ação química de substâncias que podem causar manchas e que estão tipicamente presentes em cafés, chás e bebidas cítricas, por exemplo, bem como produtos de limpeza.

 

Ambas as companhias pretendem desenvolver projetos voltados para o uso de copoliésteres na fabricação de outros produtos como pratos, jarras, recipientes e utilidades domésticas em geral, ao passo que a fornecedora dos copos da linha Geometric tem interesse em implementar programas de logística reversa e reciclagem que possibilitem o recolhimento e a conversão deles em novas matérias-primas ao término de sua vida útil

 

#copoliester #aplicacoes #plastic



Mais Notícias PI



Mobilidade elétrica baseada na combinação de materiais

Consórcio formado por empresas dos setores automotivo e de engenharia mecânica desenvolveu uma carcaça de bateria para automóveis elétricos que combina resina epóxi processada por SMC e alumínio, alcançando maior resistência e menor peso para o componente.

27/04/2022


Especialidades sob medida

Actplus passará a fornecer uma linha de compostos de plásticos de engenharia com coloração e aditivação sob medida.

22/04/2022


Em boa hora: relógio feito com peças de bioplástico

A japonesa Casio anunciou uma nova linha de relógios com componentes feitos de bioplástico proveniente de biomassa e quer usar materiais sustentáveis no projeto de outros modelos no futuro.

19/04/2022