A I-Sensi (São Paulo, SP) desenvolveu um sistema de monitoramento de operações fabris baseado em Internet das Coisas (IoT) capaz de acompanhar os diferentes aspectos das tarefas de usinagem, levando em conta um grande número de variáveis.

 

O sistema tem o potencial de levar os recursos das tecnologias habilitadoras da indústria 4.0 para as pequenas e médias empresas. Concebido de forma modular e em escala correspondente às necessidades de cada empresa, ele reúne dados para otimização de tarefas, visualização de processos, manutenção preditiva e monitoramento do ambiente de produção visando à maximização do desempenho de ativos.

 

Totalmente baseado em nuvem (cloud), o sistema é composto pelos módulos FirstMES, de gestão da manufatura; Digital Try-Out, para validação de ferramental on-line, Equipment Sensing, para detecção de aspectos da produtividade de equipamentos; Process Sensing para validação de processos; Data Sensing, para automatização da coleta de dados de chão de fábrica; Assets Sensing, para monitoração de ativos como máquinas, geradores e compressores; e o Ambient Sensing, que permite visualizar em tempo real informações do ambiente da empresa, inclusive com registro dos dados de temperatura, pressão, níveis de CO2 e de material particulado em suspensão. A arquitetura em nuvem ainda reduz a zero o custo de infraestrutura e ativos de tecnologia da informação (TI).

 

Fornecido como serviço, o sistema está disponível por valores a partir de RS $ 390,00 mensais, e está homologado como solução para esquemas produtivos baseados no Programa Rota 2030 (atual Mover), que fomenta inovações tecnológicas em empresas ligadas ao segmento automobilístico, a exemplo das ferramentarias voltadas tanto para o setor metal mecânico quanto de plásticos. Pode ser acessado via dispositivos móveis como tablet ou telefone celular.

 

 

Imagem: I-Sensi

 

 

Leia também:

 

 

Retificação auxiliada por IA. Um recurso para o trabalho com materiais difíceis.

 

 

Serviço de análise do potencial de automação atende empresas do mundo todo

 

 

 

 



Mais Notícias MM



TopSolid aposta em sistemas modulares para promover o conceito de fábrica conectada

A desenvolvedora de origem francesa oferece sistemas CAD, CAE, CAM e PDM sob medida para diferentes tarefas na indústria metalmecânica.

24/05/2024


SolidCAM amplia atuação no mercado brasileiro

A desenvolvedora de sistemas CAM estabeleceu subsidiária brasileira e nomeou a Fit como distribuidora para os seus sistemas voltados à usinagem de alta complexidade.

24/05/2024


Robô industrial pode movimentar cargas de até 1.500 quilos

A SEW expôs na Feimec um robô plataforma autônomo que conta com escâneres e se comunica via Wi-Fi, indicado para movimentar peças usinadas.

23/05/2024