Conhecida pela fabricação de ferramentas rotativas de usinagem, a alemã Gühring calcula que “cerca de 16% das interrupções no fluxo de trabalho das companhias são atribuídas à falta de produtos para o abastecimento em nível intermediário”. Com o objetivo de minimizar esse problema, a empresa incluiu em seu portfólio de serviços o Software de Gerenciamento GTMS, que já vem sendo aplicado em siversos segmentos. O sistema controla toda a cadeia de ferramentas, peças para produção, instrumentos de metrologia, dispositivos de fixação, equipamentos de proteção individual (EPIs), insumos para linha de montagem, entre outros.

Em sua aplicação no segmento metalmecânico, o GTMS também tem a capacidade de controlar itens como chaves, equipamentos de manutenção, instrumentos eletrônicos, calibradores, além de outros itens que os clientes julgarem como importantes à gestão rigorosa do consumo e dos custos. O sistema mantém um armazenamento de dados próprio, e ainda pode transferir todas as informações para um sistema ERP (Enterprise Resource Planning), para um sistema de planejamento e produção (PPS) ou outros sistemas de gestão utilizados pelo usuário.



Segundo a empresa, ao prevenir a falta de materiais, o GTMS reduz o desperdício e melhora a utilização dos recursos. Com isso, consegue reduzir em 15% a 20% os custos gerados por problemas de abastecimento.

 

#gerenciamento #gestao #armazenamento #insumos #ferramentas #ERP #PPS


 



Mais Notícias MM



Ferramentas de corte: novas linhas de brocas e fresas para moldes e matrizes

Lançamentos da Gühring são indicados para trabalhos em materiais como ligas ultraduras, materiais não ferrosos, rosqueamento de aço e titânio

09/11/2021


Inovação: montadora celebra eficácia de retificação de eixos-comando em única fixação

Fabricante de caminhões DAF aponta benefícios trazidos pela técnica de usinagem para motores feita com máquina desenvolvida pela empresa alemã JUNKER

26/10/2021


Moldes: novo revestimento nanocerâmico resulta em maior dureza e resistência à abrasão em peças injetáveis

Desenvolvido por pesquisadores da empresa nChemi, de São Carlos (SP), tratamento feito em escala nanométrica pode ser aplicado em moldes para injeção plástica e provoca efeito desmoldante semipermanente

26/10/2021