O processamento de chapas metálicas pode ganhar um impulso nos próximos anos a depender dos resultados da recém-inaugurada parceria entre a empresa de alta tecnologia TRUMPF e o Instituto Fraunhofer de Engenharia e Automação de Manufatura, localizada em Stuttgart (Alemanha). Os dois uniram forças até 2025 para desenvolver soluções de inteligência artificial (IA) para manufatura conectada em escala industrial.

Dez funcionários das duas empresas estão envolvidos no projeto, que terá o investimento de 2 milhões de euros e visa ampliar a importância da TRUMPF no segmento de inteligência artificial no processamento de chapas metálicas. Um de seus objetivos é melhorar a qualidade de dados no processo de fabricação, com o uso da XAI (inteligência artificial explicável), que pretende tornar a operação das redes neurais mais confiáveis e facilmente compreensível para seres humanos. Como resultado, os custos e o tempo de manufatura deverão ser reduzidos, entre outros benefícios.


Esta não é a primeira vez em que as entidades trabalham em conjunto. A cooperação entre as companhias já existe há cinco anos, visando a realização de trabalhos relacionados a fábricas inteligentes, que vão continuar sendo realizados no novo projeto. Os resultados iniciais desta colaboração incluem o sistema de assistência do Guia de Classificação da TRUMPF, elaborado para ajudar no processo de remoção e classificação de peças de chapa metálica cortadas a laser, e estão prestes a ser lançados no mercado mundial.



Mais Notícias MM



Retificação de médias e grandes séries de peças

Nova linha de retificadoras comporta rebolos de até 610 mm de diâmetro e tem a aplicação de fluído refrigerante modulada conforme o tipo de operação a ser realizada.

24/06/2022


Estudo prevê bom desempenho para o mercado de manufatura inteligente

Tecnologias habilitadoras e crescimento por regiões são temas do estudo de 320 páginas que projeta forte crescimento para o mercado de fabricação inteligente.

09/06/2022


Análise e troca automática de pastilhas de corte

Sistema digital desenvolvido pelo Instituto Fraunhofer IPK monitora a condição das ferramentas e realiza a sua troca de forma automática.

06/06/2022