Especialista em retificação com o uso de rebolos de CBN, a fabricante de retificadoras de alta velocidade Junker desenvolveu uma retificadora flexível que simplifica a usinagem de eixos de rotor. O modelo Jumat – como é chamada a máquina – tem como principais diferenciais a capacidade de realizar medição de processo de todas as dimensões críticas, incluindo a inspeção e a correção automática do perfil.

Usuária das máquinas da Junker há dez anos, a empresa Sullair LLC, de Michigan (EUA), foi uma das que já testou o novo modelo. Em seu processo de fabricação, o acabamento foi alterado para eliminar a necessidade de eixos duplos e, com isso, obteve maior eficiência em seu compressor. Para a fabricação, porém, eram necessárias várias configurações de retificadoras para o acabamento do eixo. No caso, os diâmetros e faces do eixo eram retificados no modelo Junker Quickpoint, antes da retificação dos canais do compressor em retificadoras de forma. 



 

Todos os processos puderam ser feitos, em uma só configuração, com a Jumat 6L. A máquina é equipada com sistemas de medição em processo, o que permite a manutenção da qualidade sem a interferência do operador. Com a tecnologia desenvolvida para a máquina, é possível fazer a verificação dos perfis de canais complexos do compressor e também corrigir automaticamente o curso do dressador dos rebolos de CBN.

A Jumat produz peças com uma variação de avanço total de +/- 3 mícrons e uma precisão de perfil de menos de 6 mícrons. A máquina também possui trocar automático de rebolos e programadas para o gerenciamento de vida útil dessas ferramentas. As peças podem ser transportadas por meio de uma correia que tem autonomia para um turno completo e alimentam a máquina por meio de um gantry interno. Graças a esse sistema, é possível fazer a retificação com uso de óleo refrigerante.

#retificacao #compressor #rotor #retificadoracilindrica #junker #jumat #compressorparafuso #zema




Mais Notícias MM



Automação industrial: protocolo facilita programação e integração de robôs com CLPs

Com um padrão de comunicação uniforme, a linha robótica da Comau está integrada com a biblioteca da Siemens Simatic, o que facilita a adoção de robôs articulados por quem já utiliza os controladores lógicos programáveis da marca

20/07/2021


Matéria-prima: o alumínio pode ganhar espaço na indústria automotiva?

Nesta entrevista exclusiva para a Máquinas e Metais, Paulo Cezar Martins Pereira, Superintendente de Vendas e Marketing da Termomecanica, discorre sobre as vantagens da aplicação desta matéria-prima no setor automotivo. A empresa – importante player da área de transformação de cobre e suas ligas – recentemente ingressou no setor de materiais em alumínio

24/05/2021