O Brasil tem uma planta de produção, caracterização e aplicação de grafeno – o material que desperta cada vez mais o interesse da indústria por suas propriedades especiais: leveza, resistência duzentas vezes maior que a do aço e excelentes condutibilidade térmica e elétrica, entre outras vantagens. A USC GRAPHENE, localizada na Universidade de Caxias do Sul (UCS), no Rio Grande do Sul, detém o status de primeira e maior iniciativa do gênero em escala industrial na América Latina.

Inaugurada oficialmente durante a primeira Feira Brasileira do Grafeno, realizada na UCS neste mês, a área de produção está inserida no Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação TecnoUCS foi criado após quase duas décadas de pesquisas avançadas promovidas pela entidade acadêmica para a geração de grafeno em alta qualidade, além de seus derivados e outros nanomateriais. Está em funcionamento desde março do ano passado e tem capacidade instalada de produção de 5 mil kg/ano.

 #grafeno #industria #uscgraphene #nanomaterial #ucs #brasil

 







 



Mais Notícias MM



Desabastecimento na indústria: Aranda Eventos promove webinar sobre escassez de matéria-prima

Evento a ser realizado no dia 11 (quarta-feira), às 11h, traz soluções para enfrentar o problema que vem abalando a indústria mundial, com a orientação de especialistas

03/08/2021


Alta tecnologia: seminário em setembro aborda sistemas produto-serviço

Evento sediado em universidade paulista trata de temas como indústria 4.0 e data mining em formato online e 100% gratuito

20/07/2021


Feira BIEMH: nova edição está marcada para julho de 2022

Tradicional evento do setor industrial na Europa quer refletir o cenário positivo para o setor após as dificuldades causadas pela pandemia do coronavírus

05/07/2021