A prefeitura de Santo André, no ABC paulista,  inaugurou uma usina solar fotovoltaica de geração distribuída de 987 kWp. Batizada de UPES I – Unidade de Produção de Energia Solar,  a instalação tem 1764 módulos solares fotovoltaicos e ocupa área de 11 mil metros quadrados na Rua José Marçon, no bairro Jardim Las Vegas. 

O projeto inaugurado é a primeira fase de um conjunto fotovoltaico com mais três usinas fotovoltaicas que, juntas, terão 8820 módulos de 560 Wp cada, totalizando 4,92 MWp de capacidade. Uma segunda será implantada na Avenida dos Estados, com 2352 módulos (1,31 MWp) e as outras duas ocuparão área de aterro sanitário no bairro Cidade São Jorge, com mais 4704 módulos e 2,63 MWp de potência.

Sob investimento total de R$ 41 milhões, oriundos do fundo de iluminação pública do município, o complexo quando concluído terá capacidade de gerar 517.787 kWh por mês, o que ocorrerá ainda neste ano. Segundo comunicado da prefeitura, o projeto será o maior complexo municipal de energia solar do Brasil e ocupará no total 56 mil metros quadrados, contribuindo com as metas de descarbonização de Santo André com a redução de emissões de 4 toneladas de CO2 por ano.

A energia elétrica das usinas, conectadas na rede da Enel, será consumida por prédios públicos e pela iluminação pública na forma de créditos de compensação de geração distribuída gerada no conjunto de usinas. Na primeira semana de operação, no fim de maio, a prefeitura divulgou já ter gerado R$ 20 mil em créditos, que serão abatidos do custo com iluminação pública.

O retorno sobre o investimento, ainda segundo a prefeitura, é estimado em 7,4 anos. “A partir daí a usina passa a gerar benefícios financeiros que, durante a vida útil do parque, são estimados em R$ 138 milhões”, afirmou a prefeitura no comunicado.



Mais Notícias FOTOVOLT



BNDES libera financiamento para complexo solar Irecê 1

Com 161 MWp de potência instalada, UFV demanda investimento total de R$ 530 milhões.

19/07/2024


Neoenergia vai instalar solar e implantar LED nas Forças Armadas

Serão dez usinas solares com 2,1 MW no total e 3,6 mil lâmpadas trocadas.

19/07/2024


Solfácil capta CRIs para financiar GD solar

São R$ 750 milhões em certificados de recebíveis imobiliários, voltados para 22 mil projetos.

19/07/2024