Versão específica para a região do Sul do maior encontro do setor solar fotovoltaico no Brasil e no mundo, a primeira edição do Intersolar Summit Brasil Sul, dias 7 e 8 de novembro, excedeu as expectativas dos organizadores, a Aranda Eventos e a alemã Solar Promotion International. Com 51 expositores, congresso debatendo os principais temas do setor, além de uma agenda de minicursos, o evento recebeu mais de dois mil visitantes no Centro de Eventos Fiergs, em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul.

O encontro regional, dada a boa estreia, já tem sua segunda edição confirmada para 2024, quando será realizado nos dias 29 e 30 de outubro, o que foi confirmado pelo diretor geral da Solar Promotion International, Florian Wessendorf. “Estamos muito satisfeitos com o lançamento do Intersolar Summit Brasil Sul em Porto Alegre. Expositores, visitantes e participantes da conferência nos deram um feedback muito positivo. A edição regional se enquadra perfeitamente na nossa estratégia de conectar a indústria de energia solar e renovável na América Latina”, disse.

O sucesso da Intersolar Summit Brasil Sul tem relação direta com o desempenho do setor solar fotovoltaico no País, que nesta semana ultrapassou 35 GW de capacidade instalada. Aliás, como ressaltado pelo CEO da consultoria Greener, Marcio Takata, em painel sobre transição energética da matriz elétrica que encerrou o congresso no dia 8 de novembro, a tendência de crescimento deve se manter. “O crescimento médio anual do consumo de energia elétrica no país deve ser de 3,2% ao ano, com uma projeção de 37% de aumento nos próximos dez anos”, afirmou Takata.

Em sua apresentação, o consultor apontou ainda que as fontes renováveis variáveis – eólica e solar – devem representar no próximo ano 28% da matriz elétrica nacional, com perspectiva de alcançar 33% em dez anos, apenas tendo como base projetos já autorizados, contratados ou em construção. Para se ter uma ideia da tendência de alta, em janeiro de 2022 as duas fontes representavam juntas 22% da matriz.

Entre outras entidades, a Intersolar Summit Brasil Sul contou com as parcerias da Absolar - Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, ABGD - Associação Brasileira de Geração Distribuída, do Instituto de Redes Inteligentes da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), da AHK - Câmara de Comércio Brasil Alemanha, do Sebrae-RS e do Senai-RS.



Mais Notícias FOTOVOLT




Copel inaugura usina solar para geração compartilhada

Em Sarandi, UFV de 6,7 MWp vai gerar créditos para cerca de 200 clientes comerciais em baixa tensão da distribuidora paranaense.

13/06/2024


Eletrobras e Prumo miram planta de H2V no Porto do Açu

Empresas assinam memorando de entendimento para avaliar implantação de unidade de hidrogênio verde no complexo portuário e industrial fluminense.

13/06/2024