O Departamento do Interior e o BLM - Bureau of Land Management dos EUA anunciaram em 11 de maio a aprovação de um projeto para construção da maior usina solar dos Estados Unidos. A instalação de geração de energia solar fotovoltaica, localizada a cerca de 48 quilômetros a nordeste de Las Vegas, terá potência de 690 MW. O projeto, denominado Gemini Solar, é estimado em US$ 1 bilhão.

A perspectiva é de que o empreendimento proporcione investimentos em infraestrutura criando empregos e favorecendo a atividade econômica, além de expandir as energias renováveis, ajudando a cumprir as metas federais e estaduais de energia. "Apesar dos desafios do coronavírus, temos o prazer de ver que os EUA abrigarão em breve um dos maiores projetos solares do mundo. “A indústria solar é resiliente e um projeto como esse trará empregos e investimentos privados ao estado quando mais precisamos", disse Abigail Ross Hopper, presidente e CEO da Solar Energy Industries Association em um comunicado divulgado pela Departamento do Interior. "A produção doméstica de energia em terras federais continua sendo fundamental para nossa segurança nacional", afirmou Casey Hammond, vice-secretária adjunta do BLM.

Espera-se que o projeto seja construído em duas fases. A primeira deverá entrar em operação em 2021, com a conclusão prevista para 2022. A perspectiva é que as receitas federais sejam superiores a US$ 3 milhões anuais ao Tesouro dos EUA, e que a construção do empreendimento recrute, em média, de 500 a 700 trabalhadores, injetando cerca de US$ 712,5 milhões na economia local durante a construção.

As instalações solares projetadas incluem linhas de transmissão áreas e subterrâneas de 34,5 kV, uma instalação de operação e manutenção, três subestações, vias de acesso internas e ao longo da usina, uma estrada perimetral, tanques de armazenamento de água para proteção contra incêndio, recursos de controle de drenagem e melhorias nas instalações existentes da NV Energy para apoiar a interconexão, entre outras medidas. O projeto também inclui um sistema de armazenamento de 380 MW, que será capaz de armazenar mais de 1400 MWh.



Mais Notícias FOTOVOLT



Célula multijunções estabelece recorde mundial de eficiência

Utilizando materiais com diferentes propriedades de absorção de luz, o laboratório NREL fabricou uma célula solar com eficiência de conversão de 47,1%

28/05/2020


SSM Solar do Brasil inaugura fábrica

Nova unidade deverá aumentar a produção em aproximadamente 50%. Meta é atender os mercados interno e externo

28/05/2020


Grande sistema de armazenamento para o maior projeto solar do mundo

Projeto de 100 MW de baterias no norte da Austrália é o primeiro de uma série de integrará o grande sistema de geração solar combinado a armazenamento, além de transporte submarino em corrente contínua entre a Oceania e o Sudeste Asiático.

29/05/2020