Depois de ter percorrido mais de 200 mil quilômetros por todo o país, em mais de 400 cidades, em oito anos de existência, o cinema itinerante alimentado por energia solar, batizado de Cinesolar, voltou às suas atividades em agosto, após uma pausa provocada pela pandemia. O retorno, motivado pelo avanço da vacinação e a reabertura de equipamentos culturas e educacionais, se deu na cidade de Miracatu, no região do Vale do Ribeira, em São Paulo.

O Cinesolar foi criado em 2013 pela Brazucah Produções, a partir de projeto semelhante que já existia na Holanda. Os dois furgões Sprinter, da Mercedes-Benz, equipados com os módulos solares fotovoltaicos e inversor permitem até 20 horas de atividades ininterruptas, com  projeção de filmes em paredes e telas de condomínios habitacionais em regiões periféricas das cidades contempladas com a visita.

Segundo cálculos dos organizadores, já foram economizados, com a projeção dos filmes a partir de energia solar fotovoltaica, cerca de 2,3 MW das redes elétricas das cidades.  Considerado o primeiro projeto do gênero no País,  o Cinesolar já beneficiou por volta de 200 mil pessoas com as sessões de cinema.

Além disso, o projeto cultural também contempla produção própria. Uma websérie batizada de  “Cinesolar – Caminhos da Sustentabilidade”, composta por 10 episódios  e 100% produzida e editada por meio de energia solar, pode ser conferida pelo canal www.youtube.com.br/cinesolarbrasil. Em outubro deste ano, haverá também a “1ª Mostra On-line Cinesolar: A brincadeira tá on”, com transmissão pelo YouTube do projeto, e que envolverá 56 curtas-metragens e videoclipes produzidos por coletivos independentes que atuam nas periferias do Brasil.



Mais Notícias FOTOVOLT



Furnas inaugura projeto de H2 verde com solar FV

Miniusina de 1 MWp vai alimentar eletrolisador na UHE Itumbiara.

09/12/2021


Solar Group atinge 2 GW em suportes para módulos

Ritmo de crescimento elevado faz empresa investir em ampliação de fábricas

09/12/2021


Lemon Energia amplia GD solar para bares e restaurantes

Em parceria com hub de tecnologia da Ambev, startup quer conquistar mais de 95 mil estabelecimentos comerciais em Minas Gerais.

09/12/2021