A espanhola Isigenere, especializada em usinas solares flutuantes, teve sua tecnologia utilizada em uma nova instalação concluída neste mês na Alemanha, na cidade de Dettelbach, no estado da Baviera, com potência instalada de 739 kWp. A implantação do sistema foi realizada pela Climagy no lago de uma pedreira.

De acordo com a empresa, trata-se da maior usina flutuante do importante estado da Baviera, no sul do país, e a energia será consumida pela indústria de cimento Heidelberger Zement. A geração estimada é de 700 MWh por ano. Com meta de descarbonização, a cimenteira estima reduzir a emissão de 280 toneladas de CO2 por ano com a usina solar.

O projeto utilizou 3792 flutuadores do modelo Isifloating 4.0, especialmente projetado para melhorar a geração de energia em todos os tipos de corpos d´água, e que suportam 1896 módulos solares de 395 Wp. A distribuição da energia se dará por um projeto exclusivo com inversores string instalados nas ilhas flutuantes integradas e ancorados mecanicamente a estruturas metálicas que, por sua vez, ocupam um espaço vazio sem flotadores na parte inferior, garantindo maior refrigeração e rendimento aos inversores.

Além disso, os cabos elétricos de corrente contínua são canalizados através de clipes especiais ancorados na parte traseira do flutuador, evitando a geração de sombras em qualquer ponto do painel solar.

 



Mais Notícias FOTOVOLT



Canadian Solar fecha mais dois PPAs para projetos solares no país

Com total de 862 MWp, usinas vão gerar energia para a comercializadora do BTG Pactual e para Furnas.

26/11/2020


Cemig SIM inicia pré-venda para assinatura de GD residencial

Empresa pretende ter até mil novos contratos com clientes residenciais já no primeiro trimestre de 2021.

26/11/2020


Trina reforça cadeia de fornecedores para expandir produção de painéis

A fabricante chinesa fecha acordos de compras de componentes, joint ventures e aquisições para atingir meta de expansão de produção.

26/11/2020