A diretoria colegiada da Aneel - Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou a Chamada Estratégica de Projeto de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PDI) nº 23, com foco no "Hidrogênio no Contexto do Setor Elétrico Brasileiro". A iniciativa visa explorar o potencial do hidrogênio abordando aspectos técnicos, econômicos e regulatórios para sua integração ao setor elétrico, impulsionando o desenvolvimento de tecnologias, modelos de negócio e infraestrutura necessária para produção, armazenamento e utilização do energético.

A chamada é estruturada em duas modalidades: "Peças e Componentes" e "Planta Piloto". A primeira foca no desenvolvimento e nacionalização de tecnologias para a cadeia de produção, e a segunda visa a implementação de plantas para produção de hidrogênio, utilizando fontes de eletricidade de baixo carbono. Além das tradicionais renováveis hidráulica, solar, biomassa e eólica, a chamada inclui a possibilidade de adoção de fontes como nuclear e termelétrica, desde que ocorra a compensação da emissão de gases de efeito estufa no respectivo processo de produção, conversão ou armazenamento de hidrogênio.

A chamada convoca entidades interessadas a apresentarem propostas, e delineia requisitos, resultados, critérios de avaliação e prazos. O processo incentiva a colaboração entre diferentes atores do setor elétrico, da indústria e da academia, fomentando uma rede de inovação energética no país.

A expectativa é que a iniciativa estimule o avanço tecnológico e promova benefícios econômicos e ambientais, alinhando o setor elétrico brasileiro com as metas de sustentabilidade e inovação. “Além de contribuir para a redução de emissões de gases de efeito estufa, a integração do hidrogênio ao setor elétrico tem o potencial de promover a atração de investimentos na ampliação das redes elétricas e do parque gerador nacional, existindo ainda sinergias operativas que podem facilitar a inserção de fontes de geração não despacháveis, particularmente as fontes renováveis. (...) O hidrogênio, especialmente quando produzido a partir de fontes renováveis, apresenta-se como uma alternativa promissora para a descarbonização da economia brasileira”, diz comunicado da Aneel.

A documentação completa da chamada está disponível em https://biblioteca.aneel.gov.br/acervo/detalhe/240794.



Mais Notícias FOTOVOLT



Audiência pública vai debater papel social da energia solar

Deputado sugere o debate na Câmara dos Deputados, que deve abordar políticas de garantia de acesso e eficiência energética, aí incluída a geração fotovoltaica.

23/05/2024


Primeira cooperativa de solar em favela do Brasil dobra de tamanho

Com apoio da TotalEnergies, iniciativa também instalou usina solar em ONG que assiste jovens e adultos em situação de vulnerabilidade.

23/05/2024


Luz Para Todos usa solar para chegar a mais de 150 mil consumidores

Programa federal de universalização de energia elétrica tem meta de beneficiar 2 milhões de pessoas até 2026, com solar e conexão à rede de distribuição.

23/05/2024