A BYD firmou parceria com a Raízen Gera Desenvolvedora, joint venture entre a Raízen e o Grupo Gera dedicada a projetos de geração distribuída, para ampliar a capacidade de geração de energia limpa. A aliança envolve a utilização da expertise da BYD em full EPC (Engenharia, Compras e Construção) no desenvolvimento do projeto, que engloba nove plantas solares fotovoltaicas .

As usinas estão localizadas em Betânia, Boa Viagem e Amontada, no Ceará, Fazenda São João e Goytacazes, no Rio de Janeiro, Ceará Mirim, no Rio Grande do Norte, e Santarém, no Pará. Já em construção, as plantas devem começar a gerar energia no mês de maio. A capacidade total do projeto é de 26,5 MW, e a geração será injetada nas redes elétricas e compartilhada com redes de negócios próprios e de parceiros da Raízen a partir da geração de créditos concedidos pelas distribuidoras locais.

A BYD contribuiu com estudos, dimensionamento da demanda, processos de engenharia executiva, planejamento de aquisição, implantação, execução e gerenciamento das plantas da Raízen Gera Desenvolvedora. “Nós começamos esse projeto na parte de concepção e engenharia em setembro de 2023 e acabamos de entregá-lo com uma potência representativa. A parceria vem para comprovar e consolidar a expertise da BYD nesse mercado de usinas solares”, afirma Sócrates Rodrigues, diretor de projetos da BYD Energy, em comunicado da empresa.

Segundo a BYD, o diferencial para a escolha da empresa neste projeto é sua capacidade de centralizar todas as etapas em um único lugar.



Mais Notícias FOTOVOLT



MP 1212 estende prazo para renováveis manterem subsídios

Expectativa do governo é viabilizar 34 GW em projetos. Medida provisória também antecipa recursos da Eletrobras para baixar tarifas.

11/04/2024


Brasil sobe para o sexto lugar em ranking de geração solar

Em capacidade adicionada, o levantamento da Irena aponta ainda que o País teve o quarto melhor desempenho global em 2023.

11/04/2024


SOFAR: Soluções Inovadoras para Energia Solar

A energia solar tem se destacado como uma das principais alternativas para a busca de um futuro mais sustentável e energeticamente eficiente.

11/04/2024