A distribuidora Elgin, especializada em equipamentos fotovoltaicos e provedora de soluções nas áreas de climatização, refrigeração, iluminação e automação, anunciou investimentos de R$ 140 milhões para ampliar seu estoque na área solar. A meta do grupo é tornar essa área de atuação a mais importante em até cinco anos.

Já para 2021 a projeção é atingir crescimento de 150% no volume de negócios de equipamentos solares, com ampliação de pedidos de empresas integradoras que atuam em projetos para residências, comércios, indústrias e propriedades rurais.

A perspectiva de crescimento para este ano segue a curva de resultado obtido pela empresa em 2020, quando foi registrado aumento de 140% nas vendas em comparação com o ano anterior. No período, os geradores residenciais lideraram os pedidos, com 85% de participação, seguidos pelos comerciais (10%) e industriais (5%).

O modelo de negócios envolve a distribuição de kits de energia solar fotovoltaica, onde módulos solares FV, inversores de frequência e estruturas de fixação levam a marca Elgin. Além disso, a empresa conta com área de engenharia para apoiar os integradores nos projetos. A Elgin atua no setor fotovoltaico desde 2017 e, no ano passado, criou uma divisão especifica para ampliar o desenvolvimento dos negócios da companhia no segmento.



Mais Notícias FOTOVOLT



Importação e preço de equipamentos solares seguem em alta

Segundo a consultoria Greener, importação de módulos cresceu 192,5% no segundo trimestre e o preço médio 10% desde dezembro de 2020.

29/07/2021


Paraná cadastra empresas e profissionais especializados em solar FV

Iniciativa faz parte de política pública de estímulo ao uso de energia renovável nas áreas rurais do estado.

29/07/2021


Laos constrói maior usina híbrida solar flutuante-hídrica do mundo

Projeto a cargo da francesa EDF contempla UFV flutuante de 240 MWp em reservatória de UHE de 1,08 GW.

29/07/2021