O Governo do Estado de São Paulo assinou um protocolo de intenções com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, a Absolar, para fomentar a fonte solar fotovoltaica no estado. O acordo foi assinado no dia 5 de outubro pelo secretário de infraestrutura e meio ambiente, Marcos Penido, pelo presidente do conselho de administração da Absolar, Ronaldo Koloszuk Rodrigues, e pelo presidente-executivo da associação, Rodrigo Sauaia.

A ideia central é incentivar e organizar ações para uso da fonte solar fotovoltaica nos prédios públicos de São Paulo e estruturar um programa de desenvolvimento do setor no território paulista, para difundir seu uso residencial, na indústria e no meio rural. Para o governo paulista, a intenção é fomentar tanto usinas centralizadas como as a micro e miniusinas para geração distribuída.

Desde 2012, o setor solar FV agregou ao estado paulista 816,2 MW de capacidade instalada, mais de R$ 3,5 bilhões em novos investimentos e mais de 24 mil empregos, segundo levantamento do governo estadual.

Entres os planos do acordo, está a chamada democratização do acesso à energia solar, com o trabalho conjunto para redução dos custos. O governo paulista e a Absolar já trabalham em conjunto há alguns anos em aprimoramentos tributários, linhas de financiamento, melhorias no licenciamento ambiental e na implantação de usinas FV em projetos habitacionais. O protocolo seria a continuidade dessa cooperação.

Faz parte também do acordo o desenvolvimento de ações conjuntas de comunicação e educação sobre os benefícios da energia solar FV, além da realização de encontros técnicos, cursos, seminários, palestras, estudos, diagnósticos, programas de capacitação e workshops. A parceria tem prazo inicial de 24 meses e não envolve a transferência de recursos financeiros entre as partes.




Mais Notícias FOTOVOLT



Banco do Brasil investe em GD solar

Sete usinas vão gerar 42 GWh por ano e economizar R$ 277 milhões em 15 anos.

22/10/2020


AIE aponta solar FV como fonte de maior crescimento no mundo

Documento da agência internacional de energia estima que a partir de 2022 a fonte baterá recordes de implantação ano após ano.

22/10/2020


Senai fomenta capacitação em tecnologia FV no Amapá

Unidade do município de Santana ganhou laboratório para preparar instaladores de painéis em cursos a serem ministrados a partir de 2021.

23/10/2020